Diário de viagem | Colonia Del Sacramento

Um paraíso romântico chamado Colonia Del Sacramento, no Uruguay. Perfeito para uma viagem a dois e para sua lua de mel. Mais do que recomendado, testado e aprovado. Fiz um bate volta a partir de Buenos Aires e vou contar como foi.

Primeiramente como combinar essa viagem. Você pode fazê-la a partir Montevidéu, saindo de ônibus da capital do Uruguay com destino a Colonia, que pode ser passagem para prosseguir a viagem em direção a Buenos Aires. Se você está em Montevidéu e não vai esticar a viagem até a Argentina, dizem que fica muito cansativo um bate volta até Colônia, no caso seria melhor ficar de um dia para o outro.

Minha viagem foi para Buenos Aires, então nosso bate e volta foi de navio, o BuqueBus.

O BuqueBus é a maior empresa de transporte fluvial e mais tradicional, opera barcos lentos, rápidos, transporta carros e tem freeshop (CARO, guarde seu dinheiro para Ezeiza). Pareceu mais confiável e então optei por viajar por ela. Fiz a compra pela internet, escolhi o barco rápido e passar o dia, ou seja, passagem de ida e volta para o mesmo dia. Descreveria o site do BuqueBus como chatinho e não compensou tanto fazer a compra pela internet. Saiu mais caro porque é uma compra internacional, feita por cartão de crédito, em dólar e com IOF. A maneira mais econômica seria comprar o passeio em Buenos Aires. A Aguiar Buenos Aires que indiquei aqui no post sobre Lujan e a Anuva Wines faz esse passeio e acredito que deve ser tão bacana quanto os outros serviços que contratei com eles.

Colonia é mais próxima de Buenos Aires do que de Montevidéu, por isso o bate e volta é mais recomendado a partir da capital porteña. O embarque é feito no Puerto Madero e chegue com pelo menos 1h de antecedência, porque todo o trâmite internacional será feito, afinal você sairá de um país e irá para um outro.

Então, vamos pra Colonia Del Sacramento, mas o que fazer por lá?! Não há um roteiro definido e você pode alugar um carrinho de golf para se descolar pela cidade (60 doletas) ou contratar o hop on hop of (50 doletas para 2 pessoas). Você contrata logo que chega ao porto pois há quiosques no local. De fato o que interessa em Colonia é a parte histórica da cidade. Faça seu passeio partindo da Plaza Mayor e caminhe pelas ruas de pedra. Vá de tênis ou sapatilha, sem chance para salto.

Próximo a Plaza Mayor há um centro de informações turísticas e banheiro públicos bem cuidados. Nas imediações você encontrará o Portón de Campo, porta de entrada da antiga cidade, construído entre 1968 e 1971 e que conserva partes da antiga muralha.

É possível subir no Farol por 12 pesos uruguaios. Aliás, sobre qual moeda levar para Colonia, eles aceitam pesos argentinos, uruguaios, dólar e também real. O almoço que fizemos por lá, pagamos em reais.

Há pequenos museus no centro histórico, a maioria nas proximidades da Plaza Mayor. O Museo Portugués exibe réplicas de móveis e uniformes utilizados pelos portugueses. O Museo Municipal tem acervo com objetos, artefatos e documentos de diferentes períodos da colônia. O Museo do del Azulejo mostra vários tipos de azulejos de países como Portugal, Espanha e França. E o Museo Naval conta a história dos conflitos marítimos da região.

Na parte mais nova com ruas mais largas, passando pela Avenida General Flores, você encontrará o Muelle 1866, de onde é possível ver toda a orla de Colonia e pela Basílica del Santissimo Sacramento.

Saída do  BuqueBus navegando pelo Rio La Plata
Saída do BuqueBus navegando pelo Rio La Plata
Na linda e bucólica Colonia Del Sacramento
Na linda e bucólica Colonia Del Sacramento

ColoniaDelSacramento (3)

ColoniaDelSacramento (4)

Ruínas da Plaza del Toros
Ruínas da Plaza del Toros
O marido caminhando pelas históricas ruas de pedra de Colonia
O marido caminhando pelas históricas ruas de pedra de Colonia
O Farol
O Farol
Entrada do Farol
Entrada do Farol
Vista do  Farol
Vista do Farol
Andando pela Calle DLos  Suspiros
Andando pela Calle DLos Suspiros

Uma dica fantástica de restaurante e a melhor parte do nosso dia em Colonia del Sacramento foi o MedioYMedio, espumante uruguaio, que acompanhou nossa picada de queijos em El Buen Suspiro, uma espécie de bistrô localizado na Calle DLos Suspiros.

Como nós amamos toda a rusticidade daquele lugar, que parece escondido na cidade e perdido no tempo. Local maravilhoso e super agradável para você almoçar, jantar ou beliscar, que foi o nosso caso. Pagamos a conta em Reais, não fizemos reserva e queremos muito voltar a Colonia e ao Buen Suspiro.

Buenos Aires e Colonia Del Sacramento nov 201312

buensuspiro

Um brinde a Colonia Del Sacramento e a Buenos Aires.

Último post do diário de viagem sobre essa viagem romântica Buenos Aires e Colonia.

Se você quiser saber um pouco mais sobre a moeda na Argentina e sobre como proceder para comprar pesos e trocar o Dolar Blue, e como esse blog não é de turismo, indico esse post no Meus Roteiros de Viagem que me ajudou bastante e fiz exatamente o que está escrito nele.

Diário de Viagem | Buenos Aires

Diário de viagem missão Buenos Aires em pleno domingão, porque tenho ainda muitas dicas, o final do ano já está aí e muuuitas pessoas passam o reveillon curtindo tango, bife de chorizo e a vista do Puerto Madero.

No primeiro post do diário de viagem sugeri um roteiro bem legal para fazer no domingo porteño (clica pra conferir). E hoje vou falar sobre um sábado de sol em Buenos Aires, passeios típicos de turistas, para quem curte cultura e pra conferir a praia da galera de BonossAires.

Amo arte e todos os estilos, mas tenho uma queda pelos artistas contemporâneos e modernos. Um dos museus que mais curto na vida (por gosto pessoal) é o MoMA em NYC e nessa linha, não poderia deixar de visitar em Buenos Aires o MALBA, Museu de Arte Latino Americana. O acervo permanente é belíssimo e há vários quadros de artistas nacionais como Tarsila do Amaral e o lindo Abaporu e outros de Di Cavalcanti e Portinari. Na agenda do museu há exposições temporárias interessantíssimas como a de Elba Bairon e Liliana Porter. Recentemente passou por lá a exposição da artista japonesa Yayoi Kusama (Obsessão Infinita), que pode ser vista atualmente no Rio de Janeiro.

Passamos um início de tarde fantástica no MALBA, que abre todos os dias, das 12h à 20h, na quarta-feira até às 21h, não abre terça-feira e a entrada custa 40 Evitas.

Malba

abaporu

Se você tiver disposição para uma caminhada de uns 15 a 20 min, siga pela Av. Pte. Figueroa Alcorta em direção a Floralis Generica e à Faculdade de Direito na recoleta.

A Floralis Generica é feita por uma estrutura metálica que deveria abrir e fechar de acordo com o nascer e pôr do sol. But não funciona mais e me parece que tão cedo não será consertada, pois é preciso a bagatela aproximada de 1 milhão de Obamas para consertar o mecanismo. Pra você turista isso não faz diferença, pois é um belo monumento e renderá ótimas fotos. O parque em que fica é enorme e no dia havia algumas pessoas correndo ou tomando sol. Sente-se em um dos banquinhos à sombra, descanse um pouco da caminhada e curta o momento.

Ao lado fica a Faculdade de Direito com sua escadaria sem fim (pelo menos para minhas pernas cansadas hahaha). Também um ponto turístico bastante procurado e de boas fotos.

FlorMetalica

Faculdadededireito

Durante a primavera essas árvores típicas de Buenos Aires tem uma floração lilás linda, que colore a cidade e suas fotos. Achei poético!!!

avenida

primavera lilás

Atravesse uma passarela que fica próxima e caminhe até a Basílica Nossa Senhora do Pilar e ao Cemitério da Recoleta. A igreja é linda, toda branquinha e com um altar belíssimo. Entramos, agradecemos e seguimos em frente em busca do próximo destino.

Se você quiser tem até visita guiada ao famoso Cemitério da Recoleta. Mas a nossa missão era mesmo encontrar o túmulo de Evita, o que não é difícil, mas o lugar é enorme e o pessoal não explica muito bem. Pedimos a direção umas 3 vezes até encontramos o túmulo. Tirando a nossa desorientação habitual, talvez você tenha mais sorte e encontre de primeira e não precise torrar no sol e ficar com marca de blusa e short hahahahahha

cemiteriodarecoleta

Um típico sábado de sol em Buenos Aires e a Feira da Recoletaou Feira da Plazia Francia, localizada nesse espaço verde da recoleta, fica lotada de pessoas curtindo, conversando, assistindo artistas de rua, comprando bugigangas, tomando sol etc. Fizemos uma parada no charmoso Buenos Aires Design (a filial do Hard Rock Café fica nesse shopping), que fica logo ali, para almoçar antes de seguir nosso passeio.

feirarecoleta

Pegamos um táxi e seguimos ao Jardin Japonês, uma lugar lindo e perfeito como tudo feito pelos japoneses. Nesse dia estava muuuuuito quente, muito mesmo. O sol quente nessa época em Buenos Aires (novembro), não poupa ninguém. Em compensação a primavera deixa tudo mais florido e lindo. Garanto que será um dia extenso e repleto de passeios maravilhosos.

jardimjapones

Serviços: MALBA – de quinta até segunda-feira e feriados das 12:00 às 20:00h; quarta-feira até 21:00; terça-feira fechado | Cemitério da Recoleta – todos os dias, das 7h às 17h45, há visitas guiadas | Basílica Nossa Senhora do Pilar | Feira da Recoleta – Sábado e domingo, das 11h às 20h | Buenos Aires Design | Jardin Japonés – todos os dias das 10h às 18h, há visitas guiadas.

Lua de Mel. Dicas de Santiago – Parte II

Esse post era pra ter saído simplesmente ainda em 2012, mas toda aquela correria de final de ano e…  Bem não tem muita desculpa, foi falta de organização dessa new blogger, que ainda pena pra conciliar vida/trabalho/estudo/blog.

Porém, estou aqui e depois das dicas gastronômicas (e etílicas) de Santiago, essas são algumas dicas de passeio naquela cidade linda e arredores.

Ao contrário das minhas outras viagens, não fiz um roteiro mega detalhista de Santiago. E passada essa experiência, acredito que deveria ter contratado uma agência para organizar tudo… enfim… já foi.

Na reta final do casamento tudo é uma grande correria. As pessoas me diziam que todo dia teria que sair de casa pra resolver alguma coisa. E eu pensava: – mas tá tudo contratado!!! Sim, de fato está tudo contratado, mas todos os detalhes do casamento que você pensou e idealizou por meses, só começam a acontecer para os fornecedores faltando entre 45 a 30 dias.

Então somando trabalho e preparativos para o casamento (estresse e gripes ocasionais – no meu caso), o meu roteiro para Santiago era muito básico, daquele tipo de turista visitando a cidade pela primeira vez.

Como tudo tem uma primeira vez e se a sua próxima primeira viagem for a Santiago, essas dicas são super válidas.

Primeira coisa que você deve fazer é entrar no site da Turistik (empresa que realiza tours por Santiago e arredores) e fazer uma seleção dos passeios que irá fazer. Você tem a opção de comprar os passeios no site deles ou comprar quando estiver em Santiago. Deixamos pra comprar tudo lá.

Chegando em Santiago fomos ao Parque Arauco (um dos shoppings mais tradicionais da cidade, que fica em Las Condes) para comprar, num dos estandes da Turistik, o tour Hop on Hop off (o ônibus vermelho de turismo), naquele esquema que você tem um dia inteiro para fazer passeio completo pela cidade, descendo e subindo (nas paradas) aonde achar melhor e conhecendo o que quiser. No estande você pode comprar quaisquer dos passeios.

Caso você vá primeiro ao Mercado Central, lá também tem um estande da Turistik.

Recomendo logo de cara o Parque Arauco, porque você aproveita e vai até um dos quiosques de atendimento ao turista do shopping e solicita o seu  passaporte de compras (uhuuuu). É um livretinho com vários cupons de desconto em lojas, lanchonetes e restaurantes do Arauco e você terá a viagem inteira pra aproveitas os descontos.

E não é apenas isso. Comprando um passeio pela Turistik você também ganha o Turistik Pass outro livrinho de descontos para lojas, restaurantes e bares de Santiago (uhuuu duplo).

Os outros passeios compramos através da gerência do flat que ficamos e essa é uma outra dica.

Não imagino outro bairro melhor de hospedagem do que a Providência. Perto de tudo, shoppings, estações de metrô, supermercados, starbucks. Sem mais né?!

Escolhido o bairro, nos hospedamos no Austral Suites e a reserva foi feita pelo Booking. Super próximo a estação de metrô Pedro de Valdívia e praticamente vizinho ao Aqui está Coco e a uma Starbucks. Se você for andando de costas, chega nos dois locais em menos de 5 minutos, ou seja, é perto.

Ao Giratório uma caminhada de cerca de 10 minutos e ao Costanera Center, shopping novinho inaugurado em junho/2012 (se não me engano) uns 20 minutos.

Em relação aos demais passeios: Viña Del Mar/Val Paraíso e Concha y Toro, fechamos com a responsável pelos flats e tudo deu certíssimo. Pontuais e serviço bom. O valor é equivalente ao cobrados pela Turistik.

Valle Nevado e Farellones deixamos pra ir quando a temporada estiver aberta e bombando de neve, no final de setembro não valia tanto a visita.

Locais que você não pode deixar de conhecer em Santiago: Plaza de Armas (Catedral Metropolitana e Museu Histórico Nacional); Museu Nacional de Bellas Artes; Mercado Central; Plaza de La Constitución (Palácio de La Moneda); Patio Bellavista; Cerro Santa Lucía e o Parque Metropolitano onde fica o Zoo e o Morro San Cristóbal, que é dos melhores pontos para observar a extensão de Santiago (você pega um funicular ou ônibus para ir até o topo).

Uma fotinhas bem toscas. Lembrando que não sou fotógrafa. Ok?!

Lua de Mel Santiago1 Lua de Mel Santiago2 Lua de Mel Santiago3 Lua de Mel Santiago4 Lua de Mel Santiago5

No post há vários links e não estou ganhando 1 centavo por essas indicações. Estou apenas facilitando a sua pesquisa.

Somando esse post com o primeiro sobre as dicas gastronômicas de Santiago, dá uma viagem de 6 noites super divertida. Vai por mim.

Inspirem-se viajantes e noivos!!!