Dicas para economizar no casamento

Toda noivinha idealiza um casamento perfeito e dos sonhos. As fases que antecedem o grande dia são uma delícia. Curtir os preparativos e realizar-se com uma cerimônia emocionante e uma festa inesquecível, é o que todas as noivas anseiam. Mas esse sonho tem que caber dentro de um orçamento e para as noivinhas que tem a planilha do excel embaixo do braço, é preciso cortar gastos aqui e acolá e saber em qual item economizar ou cortar o que seja absolutamente dispensável. Isso tudo mantendo a beleza e o bom gosto de uma festa que, por mais simples que possa parecer, deve sempre ter o requinte e a elegância de receber bem a família e os convidados para um momento tão especial e único.

Para que seu casamento seja de fato inesquecível pela lembrança dos momentos felizes e não por dívidas acumuladas, é necessário atenção especial a todos os detalhes, inclusive, ao orçamento.

Muito planejamento, pesquisa e muita sola de sapatilha (sim, noiva econômica anda horrores) são as principais características de um casamento feito na ponta do lápis. Procure vários fornecedores, buffet e fotógrafos. Pesquise preços, compare e só então feche seu contrato. Tenha certeza que, quanto mais formal e sofisticado, mais caro o casamento será, então, opte pela simplicidade sem deixar o charme de lado. Casamentos DIY: do-it-yourself (faça você mesmo), shabby chic e rústico já viraram tendência, são personalizados e ainda poupam um bom dinheiro, que você e seu noivo podem aplicar na lua de mel ou na reforma do apê.

Para fazer um casamento lindo e gastando pouco, a Adriana Bicudo e Sarah Moreira, da Biscuit Eventos, compartilham com o Noiva de Evasê algumas dicas importantíssimas para ajudar aos noivos a economizarem nesse dia mágico.

image003

1. Na lista de convidados, não tenha medo em cortar alguns nomes. A festa é do casal, portanto, só convide pessoas que são realmente especiais, afinal, quanto mais convidados, maior terá que ser o orçamento;

2. As bebidas podem ser adquiridas em sistema de consignação. Os noivos pagam apenas o que for consumido. A sugestão é pedir para o bufê não gelar tudo de uma vez, mas sim de acordo com a necessidade;

3. O tipo de recepção americana (os convidados se servem no buffet) sai bem mais em conta do que à francesa (garçons servem diretamente cada mesa);

4. Ao invés de uma igreja famosa, opte por uma menos conhecida – um ambiente simples pode ser tão bonito quanto um mais sofisticado. Considere fazer o casamento fora da alta temporada, durante o dia ou ao cair da tarde. As pessoas bebem menos durante o dia, e você gastará menos com materiais de iluminação.

5. Na decoração use flores da estação, elas saem mais em conta. Inclua também velas e peças com origami, a festa ganhará um tom charmoso, romântico e delicado.

6. Encomende dois bolos, um pequeno para o corte e outro que ficará na cozinha e que será servido posteriormente. O bem casado também pode virar lembrancinha. Decore-o com uma fita bonita e coloque o nome dos noivos e a data do matrimônio.

7. Dá para economizar até nos convites. Façam vocês mesmos os convites em folha única, escolham um papel nacional e imprima numa gráfica.

E não esqueça noivinha: uma festa inesquecível é marcada pela organização, alegria e muito amor. Economize com as dicas, mas não economize na felicidade.

Serviço: Biscuit Eventos
Sarah Moreira – sarah@biscuiteventos.com.br
Adriana Bicudo – adriana@biscuiteventos.com.br