Noiva ícone: Jacqueline Kennedy

Essas noivas tão marcantes, que chamo de ícones, tem uma presença, um estilo ou fazem parte – literalmente – da História, de uma forma que mudam uma época.

Essa é a visão que tenho de Jacqueline Kennedy Onassis.

Ela nasceu no Estado de Nova Iorque e se chamava Jacqueline Lee Bouvier. Era a filha mais velha de John Vernou Bouvier III, que era corretor de Wall Street e de Janet Norton Lee Bouvier  Auchincloss Morris (mas que nome gigante). Seus pais se separaram quando ela ainda era uma garotinha.

Jackie teve uma infância aristocrática e estudou em escolas renomadas. Graduou-se em literatura francesa pela Universidade George Washington e em 1951 conseguiu seu primeiro trabalho no jornal Washington Times-Herald.

Em março de 1952 ela acabou um relacionamento com John Husted e naquele mesmo ano, em maio, ela conheceu John F. Kennedy. Alguns meses depois de conhecê-la, Kennedy convidou-a para sair e então começaram o namoro que rapidamente evoluiu para o noivado.

Jackie e Kennedy casaram-se em 12 de setembro de 1953, em Newport (Rhode Island) e a cerimônia, na fazenda Hammersmith, contou com nada menos que duas mil pessoas.

O vestido foi desenhado por Anne Lowe e feito com 50 metros de tafetá de seda marfim, com uma enorme saia bufante, com aplicações e barra plissadas e o véu era da avó de Jackie.

O vestido atualmente está exposto na Biblioteca JFK em Boston e as fotos em preto e branco não retratam a beleza do vestido.

Em 20 de outubro de 1968, Jacqueline Kennedy casou-se pela segunda vez com o magnata grego Aristóteles Onassis, usando um vestido da alta costura verão 1968 de Valentino.

Tudo que a gente quer é sair por aí com um mega óculos fazendo a Jackie O.

Jackie O. não foi apenas uma noiva ícone, é uma mulher incrivelmente elegante, que por seu estilo é referência até hoje.

fotos: reprodução

Monique Lhuillier para noivas

Talvez você não esteja ligando o nome ao vestido (de noiva ou red carpet), mas sem dúvida alguma já  pirou amou um vestido da designer Monique Lhuillier, que consegue captar a essência do luxo com feminilidade, aliado ao glamour.

Ela cresceu nas Filipinas e as primeiras experiências com moda foram com sua mãe, que tinha um senso próprio do que é estilo pessoal e elegância, o que influenciou a carreira da designer.


fotos: reprodução

fotos: Just Jared

Impulsionada pela paixão por moda, Monique mudou-se para Los  Angeles para estudar no Fashion Institute for Design e Merchandising, quando descobriu sua inspiração para os vestidos de noiva. Em 1996 ela estreou sua primeira coleção de noivas e desde então é uma referência para noivas que curtem suas criações extravagantes e super glamourosas.

A coleção outono 2012 para noivas é simplesmente bárbara.

Olha que saia incrível desse vestido

fotos: John Aquino

Não consigo escolher qual é o vestido mais deslumbrante de todos!!!!

Se você amou os vestidos e acha que na nossa terrinha brasilis não temos Monique Lhuiller, enganou-se. Em São Paulo, é possível encontrar na White Hall  um espaço que apresenta coleções multimarcas de luxo para noivas e festas.

Véu ou mantilha?

Se tem um momento que a gente se sente mesmo noiva é quando colocamos o véu (quando fiz a prova de um vestido e colocaram o véu quase chorei).

Você já decidiu se no grande dia vai usar véu ou mantilha?! Mas, noivinha, você sabe a diferença entre véu e mantilha.

Consultei os universitários e descobri que o véu é um adorno em tecido leve, tipo tule, que cobre a cabeça e que pode ser curto ou longo. Porém, é preciso seguir algumas regrinhas básicas para utilizá-lo.

  • Primeiro é importante decidir o horário do casamento. Se for durante o dia ou à tarde, você deverá usar um véu curto, que pode terminar nos ombros ou descer até a cintura. É o tipo mais informal e mais adequado para cerimônias ao ar livre, como praia e campo.
foto: Toole Art Photography
foto: Three Nails Photography
  • Se o casamento for à noite e nesse caso a cerimônia é mais formal, opte pelo véu longo que acompanha o corpo inteiro, terminando no chão. Quando o casamento for numa pequena igreja ou capela evite os véus muito volumosos, mas se a cerimônia for numa catedral, você pode escolher um véu mais encorpado.

 

  • Outras dicas importantes: se a noivinha tem um rosto muito fino, pode utilizar um véu com mais volume e armado, caindo nas laterais do rosto. Se o rosto for mais cheinho ou redondo, o melhor é um véu fino, sem volume, apenas emoldurando o rosto.

O véu pode ser bem simples, sem qualquer detalhe, mas pode ter algum acabamento especial em cetim ou bordados com pérolas.  Nesse ponto é preciso ter cuidado para não ficar over, se o vestido já tem muitos detalhes é melhor escolher um véu simples e vice versa.

Noivas baixinhas (levanta a mão 0/) devem evitar cabelos soltos para não achatar a silhueta e em noivas muito altas o melhor é usar um coque baixo (como os das bailarinas) com o véu colocado abaixo.

foto: Le Bonne Fleur
foto: Kristin Byrum Photography

Sim já entendi o que é o véu, mas e a mantilha?

A mantilha tem a mesma função do véu, porém  é uma peça bem mais pesada e trabalhada que o véu, que é sempre leve e esvoaçante. Geralmente é uma peça de renda, mas também encontrada em tule com aplicações de renda. É um adorno artesanal e muitas vezes passada de geração à geração.

A mantilha é colocada  na cabeça e como é mais pesada, fica mais rente ao rosto e o corpo.

É preciso ter um cuidado redobrado ao usar a mantilha, pois por ser uma peça super suntuosa, o vestido deve ser mais simples, sem muito rebuscamento. Se a mantilha for de renda, deverá ser a mesma usada no vestido; ou, que o vestido não tenha detalhe em renda ou bordado.  O mais correto, nesse caso, é a noiva escolher primeiro a mantilha e depois o vestido

As mantilhas por serem peças antigas que passam de avó para mãe e filha, são difíceis de encontrar num tom totalmente branco. Por isso, o vestido da noiva deverá acompanhar a cor da mantilha, geralmente num off white.

foto: Katherine Nagel

E como é que fica a cabeça da gente com todas essas opções??!!

E ainda não acabou. Aguarde próximo post sobre grinalda e voilette.

E não sei o que vou usar. Help me!!!!