Dia dos Namorados | 10 filmes para assistir a dois no Netflix

Hello Noivinhas de Evasê e casais!!!

Dia dos namorados em pleno domingão e se vocês não estão nem um pouco dispostos a enfrentar filas por aí, seja para jantar, almoçar, tomar café, ir para hotel e etc ou se vocês preferem simplesmente o aconchego do lar, um jantarzinho informal ou pipoca quentinha ou quem sabe um brigadeiro de panela e o controle do Netflix, preparei uma lista bem interessante com filmes românticos e outros bem inusitados para refletir sobre a vida a dois.

1- AMOR A TODA PROVA (Crazy, Stupid Love, 2011)

O elenco é simplesmente fantástico: Steve Carell; Ryan Gosling; Julianne Moore e Emma Stone. Dessa lista é o mais inusitado pois o filme parte de uma crise conjugal e o divórcio de Cal (Steve Carell) de sua esposa (Juliane Moore). Recém separado ele procura o treinamento com o maior “pegador” da região, Jacob (Ryan Gosling) e os dois se tornam amigos. Não se trata de um filme romântico tradicional, pois ele é bem realista. Tem doses de drama, comédia e, o mais importante, faz refletir sobre a vida, cotidiano, monotonia (ou não). É um filme surpreendente.

2- QUESTÃO DE TEMPO (About Time, 2013).

Mais um filme com elenco ótimo: Elenco: Rachel McAdams, Domhnall Gleeson e Bill Nighy. Um filme do Reino Unido com sotaque britânico e, se você assim como eu, ama sotaque britânico é provável que pegue o controle para assistir o filme agora. Questão de tempo é um filme do diretor Richard Curtis, o mesmo de Quatro Casamentos e Um Funeral, Um Lugar Chamado Notting Hill e O Diário de Bridget Jones e ele sabe escrever um bom e criativo romance. O personagem de Gleeson é um cara qualquer até que recebe a notícia do pai (Bill Nighy) de que os homens de sua família conseguem voltar no tempo e então ele resolve utilizar o “poder” para um objetivo romântico: conquistar um grande amor. Ele deixa o interior da Inglaterra e vai morar Londres, levando a vida de advogado até que conhece Mary (Rachel McAdams). É uma delícia de filme.

3- AMOR E OUTRAS DROGAS (Love and Other Drugs, 2010).

Esse é mais um filme da minha lista romântico atípico, pois se você vai assistir com seu namorado/noivo/marido o filme tem que ter algo a mais do que apenas romance e esse tem muito mais. O elenco é também fantástico o os atores Jake Gyllenhaal que faz Jamie Randall e Anne Hathaway como Maggie Murdock. O mulherengo Jamie Randall trabalha numa loja de eletrônicos até ser despedido e se torna um representante de medicamentos da Pfizer. O personagem não tem muito escrúpulos e o principal objetivo é fazer com que médicos receitem o medicamento da Pfizer ao invés do concorrente em plena época do boom do Viagra. Ele conhece Maggie Murdock (Anne Hathaway), mulher moderna e liberada que deseja apenas sexo casual até que ela começa a reconhecer uma paixonite e vocês tem que assistir o filme até o final.

4- A INCRÍVEL HISTÓRIA DE ADALINE (The Age of Adaline, 2015)

Talvez você tenha alguma dificuldade em convencer seu namorado/noivo/marido a assistir filmes de romance, mas vale usar alguns artifícios. Para que meu marido assistisse A Incrível História de Adaline e disse: – Meu amor é com o ator que dá umas pegas em Khaleesi/Daenerys (fãs de Games of Thrones entenderão). Pronto! Já estávamos assistindo o filme com Blake Lively (Gossip Girl), Michiel Huisman (Game of Thrones) e Harrison Ford. A história é linda e Adaline tem o poder de viver eternamente como a aparência de 29 anos. Parece bom demais, não é? Mas será que você gostaria de ser imotal perdendo todos que ama??? Por isso ela vive solitariamente não se permitindo criar laços com ninguém, para não ter seu segredo revelado e então ela conhece um gato filantropo, Ellis Jones (Michiel Huisman), um homem por quem pode valer a pena arriscar sua imortalidade.

5- MAGIA AO LUAR (Magic in the Moonlight, 2014)

É um filme de Woody Allen e portanto há quem ache bem fraco para os filmes do diretor. Eu amei! No elenco Emma Stone interpreta Sophie, uma vidente e Colin Firth fazendo o alter-ego do famoso ilusionista Wei Ling Soo, famoso por desmascarar charlatões. O filme se passa a Côte d’Azur em 1928 e gira em torno de Stanley buscando provas do golpe de Sophie. Magia ao Luar recorre aos truques de clarividência e de ilusionismo para criar o clima de romance entre Sophie e Stanley. Dá vontade de viajar no tempo ou pelo menos conhecer a Côte d’Azur.

6- MEIA NOITE EM PARIS (Midnight in Paris, 2011)

Se estamos falando de Woody Allen, claro que não posso deixar de indicar Meia Noiva em Paris com Owen Wilson, Rachel McAdams e Michael Sheen. Gil (Owen Wilson) é fã os grandes escritores americanos e dos anos 20 e sonhou ser como eles. Mas trabalha como roteirista em Hollywood e ganha muito bem pra isso,porém também lhe rendeu uma grande frustração. Então passando férias em Paris com a família da noiva, Inez (Rachel McAdams) Gil se reconecta com a “grande arte” e misteriosamente numa noite ele realiza o sonho de viver nos anos 1920, quando F. Scott Fiztgerald, Ernest Hemingway e Pablo Picasso circulavam por ateliês e cafés da cidade. Não se trata de um filme necessariamente romântico, mas além do cenário perfeito que dispensa apresentações, há doses de romantismo e um pensamento e uma crítica sobre a arte.

7- CARTAS PARA JULIETA (Letters to Juliet, 2010)

Cartas para Julieta tem roteiro simples, leve e divertido, com Amanda Seyfried fazendo a personagem Sophia que viaja com o noivo (Gael Garcia Bernal) para Verona, a cidade italiana de Romeu e Julieta. A esperança de Sophia é que o relacionamento vire algo a mais. Porém ele não está nem aí para ela e só pensa no restaurante que está prestes a abrir. Diante da frustração, ela resolve procurar o que fazer e ao visitar a casa de Julieta encontra uma parede cheia de cartas de mulheres apaixonadas que pedem a Julieta que as ajude com seus problemas no amor. Todos os dias as cartas são recolhidas e respondidas por um grupo de voluntárias. Sophia resolve ajudá-las a respondê-las e encontra uma carta de 1957, escrita por uma inglesa que se apaixonou por um italiano em sua juventude, mas deixou passar a oportunidade de ficar com ele. Ela então decide responder a carta para promover um reencontro. Animada com o conselho da carta, Claire Smith (Vanessa Redgrave) – hoje uma senhora – retorna à Itália para encontrar a paixão de sua adolescência e assim Sophia, Claire e seu neto Charlie (Christopher Egan) partem numa viagem para procurar o antigo amado.

8- SIMPLESMENTE ACONTECE (Love, Rosie, 2014)

Rosie (Lily Collins) e Alex (Sam Claflin) são amigos de infância e inseparáveis mesmo existindo uma atração entre eles, os dois mantêm apenas a amizade. Até que Alex decide estudar medicina em Harvard, nos Estados Unidos. A distância entre eles faz com que nasçam os primeiros segredos e cada um encontra outros namorados e namoradas. Mas o destino dá um jeitinho de atrair Rosie e Alex um ao outro. A história de amor é leve, divertida e o filme traz a ideia de que quando um amor é verdadeiro, não importa as idas e vindas, sempre haverá chances de um recomeço. A trilha é simplesmente fantástica e é a chance de você ver Sam Claflin, que está prestes a estrear como Will Traynor de “Como eu era antes de Você”. Prepare-se para apaixonar-se e cuidado: contém sotaque britânico.

9- TE AMAREI PARA SEMPRE (The Time Traveler’s Wife, 2009)

Eu nem tinha percebido que gostava tanto de filmes com Rachel McAdams até fazer essa lista. No elenco temos: Elenco: Eric Bana e Rachel McAdams (mais uma vez). Devido a uma modificação genética, o bibliotecário bonitão Henry viaja pelo tempo e aparece em vários momentos da vida do seu amor e Henry DeTamble (Eric Bana) conheceu Clare Abshire (Rachel McAdams) quando tinha apenas 6 anos. Eles se tornaram amigos e vivem uma história de amo. Mas o fato de Henry conhecer o futuro sempre incomodou Clare, porém o jogo vira e agora e quanto Henry volta no tempo para encontrar Clare aos 6 anos, é ela que, em sua fase adulta, sabe qual será o futuro de seu amado.

10- ORGULHO E PRECONCEITO (Pride and Prejudice, 2005)

Esse é dos filmes que eu já perdi a conta das vezes que assisti. Sozinha, com o marido, com os gatos, com pipoca, na chuva, o feriado, eu acho que sei até as falas. Sério!!! Esse é um conto de Jane Austen do século XIX, em que a Sra. Bennet espera casar suas filhas com homens ricos, incluindo o recém-chegado Sr. Darcy. A história parece bem antiga, se não tivesse um toque revolucionário por parte de Elizabeth Bennet, personagem de Keira Knightley. Também temos sotaque britânico, o que posso fazer se amo???

Eu assisti absolutamente todos esses filmes e adoro todos eles. Estou especialmente viciada na trilha de Simplesmente acontece porque ontem, mais uma vez na Netflix, para fazer esse post, mas recomendo todos e espero que vocês e divirtam-se com amor e a pipoca!!!

Deixe seu comentário