Destination Wedding em Paris

Noivinha você que ainda está na fase de planejamento e decidindo sobre o estilo da cerimônia e festa do casamento, já pensou na possibilidade de um Destination Wedding?!

Esse não é um assunto novo aqui no Noiva de Evasê e sobre esse tipo de celebração que une festa e viagem, falamos neste post aqui. Mas se você pensava que esse era um sonho um tanto quanto impossível, saiba que a cada dia os noivos brasileiros estão aderindo a ideia de casar e viajar.

Uma matéria no Portal G1 tratou sobre as vantagens do destination wedding nessa matéria. (clica no link).

Para animar você e seu noivo que estão nessa fase de indecisão, curta as imagens de um lindo Destination Wedding em Paris.

Não deixa de ser uma economia, pois um Destination Wedding em Paris já é destino certo para Lua de Mel. E vocês se recordam do post com um guia básico de Lua de Mel em Paris e a dica dos cadeados na Pont des Arts? Clica aqui e confira o que só o Noiva de Evasê procura pra você!!!

Se ainda estivesse na fase de planejamento inicial, sem dúvida essa seria uma opção.

Inspire-se!!!

fotos: Wisner Photo

Lua de Mel. Destino: Paris

Paris, mon amour… tem mais romântico? Uma cidade que respira romance!!!

Paris é uma cidade que consegue reunir boêmia, charme, cultura, modernidade. Sem dúvida alguma um lugar apaixonante e um dos destinos mais procurados para casais em lua de mel.

Se você, assim como eu, ainda não foi a Paris, vamos pesquisar na internet viajar na viagem em busca do melhor que a cidade pode nos oferecer.

Para quem não conhece Paris, tem as visitas básicas e imprescindíveis.

Reserve uma manhã para ir ao Musée du Louvre um dos mais impressionantes do mundo, onde estão preservadas obras da Antiguidade, Idade Média e da atualidade. Não deixe de ver de perto se a multidão deixar o sorriso da Monalisa (obra de Leonardo da Vinci).

Almoce no Café Marly (93 Rue de Rivoli, 75001), que é uma extensão ao passeio ao Louvre. Se você for nos meses ensolarados peça uma mesa na varanda e nos dias frios, escolha uma mesa na segunda sala do restaurante.

Escolha uma tarde para que vocês possam caminhar sossegados no jardim de esculturas do Musée Rodin.

Claro que a Tour Eiffel não pode ficar de fora. Uma dica ótima é fazer esse passeio ao anoitecer, assim é possível ver do alto a

cidade se iluminando. E que tal um jantar romântico em um dos restaurantes da torre como Le Jules Verne. Esse restô fica no segundo andar e é mais caro. Já o 58 Tour Eiffel, é uma outra opção e à noite se torna uma brasserie chic. Faça sua reserva com antecedência, pois são restaurantes concorridos.

Em Paris como os parisienses. Compre comidinhas deliciosas num dos mercadinhos (baguetes, vinho, queijos) e faça um típico piquinique no Jardim du Luxembourg, que é o parque mais popular de Paris.

Flane pela cidade e encontre o Chez Francis  que é um tradicional brasserie parisiense.

Não deixe de fazer o programa mais turístico de todos que é o passeio noturno de barco pelo Rio Sena.

Em Montmartre visite a basílica Sacré-Coeur.

Fora da cidade ninguém pode deixar de ir ao Palácio de Versailles  para se encantar com os vastos jardins e os suntuosos salões principais que ficam no primeiro andar do château.

Em Giverny localiza-se a casa e os jardins de Monet. O acesso é tranquilo. Partindo de Paris  a partir da estação de metrô St Lazare, pega-se o RER até a estação de Vernon e de lá há saídas de ônibus até Giverny.

Uma das coisas mais legais que você pode fazer com o seu maridinho é encontrar a Pont des Arts, que é uma ponte de ferro localizada muito próxima do Louvre e de frente para a Pont Neuf, com uma vista linda para uma das mais belas ilhas do Sena, a Île de la cité.

Quando vocês localizarem a ponte, estejam prontos para realizar um pequeno ritual, feito por casais apaixonados do mundo todo. Escrevam seus nomes no cadeados e escolha um lugar na grade da ponte para prendê-lo. Jogue a chave no Sena. Segundo a lenda (todas fazendo figa), o casal ficará junto para sempre. O resultado é uma ponte alegre e super colorida, diferente a cada dia.

E não esqueça de provar os macarons da Ladurée

Escolha um Hotel bem localizado, pois em Paris anda-se muito a pé e de metrô. A gente sempre bate muita perna mesmo em viagem, é uma delícia caminhar e ir descobrindo coisas novas e observando as pessoas do local. Sem contar a excelente boa companhia do seu amor!!!

Não é necessário visto para ir a Paris, apenas passaporte válido por, no mínimo 6 meses e a moeda é o Euro.

P.S.: O nosso destino e roteiro ainda está pendente…ansiosa é pouco