Tudo sobre o Casamento Real | Príncipe Harry e Meghan Markle

Estamos oficialmente há menos de 30 dias do casamento REAL mais esperado do ano: príncipe Harry e Meghan Makle. Parece que o dia 27 de novembro de 2017 foi ontem (relembre esse post), com o anúncio oficial: Harry (33 anos), o filho mais novo de príncipe Charles e Diana, e Meghan Markle (36) anunciaram o noivado. O momento teve direito a comunicado da Casa Real Britânica e desde então o frenesi em torno do casamento só aumenta. A imprensa internacional (sobretudo a britânica)  e nós, claro, estamos contando os dias para ver o vestido, decoração e o amor dos noivos, que demonstram muita sintonia. Depois de uma juventude marcada por episódios de rebeldia — que os jornais do Reino Unido exploraram bastante –, Harry finalmente resolveu sossegar. E, para quem assiste The Crown, na Netflix percebeu a coincidência com seu tio bisavô. O Rei Eduardo VIII abdicou da coroa por amor e escolheu uma norte-americana divorciada para partilhar o resto da vida. Mas as coincidências acabam por aí. Os tempos são outros e a família real britânica também se modernizou e o casamento do príncipe Harry e Meghan Makle será celebrado com pompa e circunstância. Vamos aos detalhes.

A cerimônia religiosa

Fundada em 1348 pelo rei Edward III, a St George’s Chapel (Capela de São Jorge) tem uma história rica e é uma capela utilizada com serviços atendidos pela comunidade local.Em um comunicado à imprensa, o Palácio de Kensington confirmou que a Rainha deu sua permissão para o casamento acontecer na Capela e que a Família Real pagará pelo casamento.

A Rainha Elizabeth II costuma assistir a missa do Dia da Páscoa e de ação de graças na capela

O príncipe de Gales e a duquesa da Cornualha casaram na capela em 2005.

O Grande Dia

Em comunicado divulgado pelo Palácio de Kensington, os noivos anunciaram que o casamento começará na capela de São Jorge ao meio-dia.

Às 13h, após a celebração, o casal passará pelas ruas de Windsor em uma carruagem puxada por cavalos para cumprimentar os súditos. A carruagem sairá do Castelo de Windsor pela Castle Hill e seguirá pela High Street e pela cidade de Windsor, retornando ao Castelo de Windsor pela Long Walk.

No castelo, haverá uma recepção no St George’s Hall para o casal e convidados e à noite, o Príncipe de Gales dará uma recepção privada para amigos próximos e familiares.

O Bolo do Casamento

Claire Ptak chef americana que vive em Londres, foi  a escolhida para criar o bolo de casamento para o príncipe Harry e Meghan Markle. A noiva conheceu Claire Ptak, proprietária da Violet Bakery, quando ea entrevistou para seu blog de estilo de vida. A Violet Bakery foi inaugurada em 2010, com foco no uso de ingredientes orgânicos e sazonais de alta qualidade em seus bolos. A chef disse que: “estou feliz por ter sido escolhida para fazer o bolo de casamento do Príncipe Harry e da Sra. Markle. Sabendo que eles realmente compartilham os mesmos valores que eu, sobre a proveniência dos alimentos, a sustentabilidade, a sazonalidade e, mais importante, o sabor, o que torna mais emocionante fazer parte deste o evento.”

Os noivos pediram a Chef para criar um bolo de limão para incorporar os sabores brilhantes da primavera, com cobertura de buttercream e decorado com flores frescas.

A Decoração

O Príncipe Harry e Meghan Markle escolheram a designer floral Philippa Craddock para o projeto de decoração floral da igreja para o casamento.

Philippa dirigirá uma equipe incluindo floristas da Capela de São Jorge e do Palácio de Buckingham, para executar a decoração floral na Capela de São Jorge e no Salão de São Jorge.

Os arranjos florais usados na Capela de São Jorge, serão criadas usando folhagens de origem local, muitas das quais serão retiradas dos jardins e parques da The Crown Estate e do Windsor Great Park.

Philippa usará flores como garden rose, peônias  e plantas da estação, que lá será primavera. Após o casamento, o casal pediu que as flores sejam distribuídas para organizações de caridade.

Philippa Craddock disse: “Estou animada e honrado por ter sido escolhida pelo príncipe Harry e Meghan Markle para projetar e criar suas flores do casamento. Trabalhar com eles tem sido um prazer absoluto. O processo tem sido altamente colaborativo, de fluxo livre, criativos e divertido.Os projetos finais irão representá-los como um casal, que eu sempre pretendo alcançar no meu trabalho, com a terceirização local, a sazonalidade e a sustentabilidade na vanguarda “.

O Vestido de Noiva

Ainda não sabemos o designer do vestido de noiva de Meghan Markle, mas a Vanity Fair especula que a ex-atriz poderá usar dois vestidos — um mais tradicional, para a cerimônia religiosa, e outro mais sofisticado e menos formal, para a festa que se seguirá. Dizem por aí que Meghan está ansiosa para surpreender tudo e todos, especialmente Harry, e que o vestido de noiva terá, ao que tudo indica, algumas rendas.

Nessa contagem regressiva é certo que Meghan Markle já escolheu o vestido de noiva e as apostas pela assinatura do vestido que provavelmente abalará as estruturas são por nomes como Ralph & Russo, Erdem, Misha Nonoo, Oscar de la Renta (marca escolhida por Amal Clooney), Jenny Packham, Emilia Wickstead, Alexander McQueen, Roland Mouret, Carolina Hererra, Vera Wang e, claro, a marca britânica Burberry.

Lembrando que Meghan Markle usou um vestido Ralph and Russo de 56 mil libras (65 mil euros), –  nem vou converter essa mega sena da virada -, para as fotografias oficiais do noivado.

Fotógrafo Oficial

Mais um detalhe do casamento do Príncipe Harry com a atriz Meghan Markle. O nome do fotógrafo escolhido para os noivos para registrar cada momento da celebração. O

O escolhido é Alexi Lubomirski, conhecido profissional da área de moda que já registrou celebridades como Selena Gomez, Gigi Hadid, Jennifer Aniston, Julia Roberts, Margot Robbie, Lupita Nyong’o e outras.
Não é a primeira vez em que o fotógrafo trabalhará com o casal. Alexi foi o responsável pelas fotos do anúncio de noivado no ano passado, clicado na Frogmore House, em Windsor

 

 

Convertendo: o Vestido Ralph&Russo custou aproximadamente R$273.000,00

O Título Real

Tudo indica que Meghan Markle será a futura “Duquesa de Sussex”, pois a imprensa britânica tem especulado horrores que Harry vai receber, logo após o casório, o ducado de Sussex, vago há séculos, mais precisamente desde 1843 — o que significa, na prática, uma “promoção”. Os futuros filhos do casal serão “lords” ou “ladies”, e não automaticamente príncipes ou princesas, a menos que a rainha intervenha (vovó Beth) — coisa que aconteceu na primeira gravidez de Kate Middleton. Veremos.

Sobre a generosa lista de casamento solidária, fiz esse post aqui

Que venha o dia 19 de maio, pois eu tô mega curiosa. E vocês?

 

Meghan Markle e Príncipe Harry | Lista de Casamento Solidária

Desde o anúncio do noivado, todas nós que amamos casamentos, embora esse seja um assunto que interessa até para quem não está tão ligado nesse tema específico, estamos vidradas em todas as novidades e atualizações sobre o casamento da realeza do ano: Príncipe Harry e  Meghan Markle.

Seja o anúncio do noivado no Palácio de Kensigton; as fotos oficiais dos noivos;  o anúncio sobre o local, data e horário do casamento; o tipo de bolo que será servido ou o convite, absolutamente tudo tem sido acompanhado e inclusive informado através de anúncios oficiais pela coroa britânica. O que é bem fofo, pois eles estão fazendo questão de compartilhar todos esses detalhes.

E essa semana eles demonstraram mais uma vez porque esse casamento será tão incrível. Não é apenas pelo glamour de ser um casamento da realeza britânica, celebrado na Capela de São Jorge no Castelo de Windsor, nem o esperadíssimo vestido de noiva de Meghan Marke, mas os noivos querem retribuir toda a boa vontade mostrada ao casal, desde o anúncio de seu noivado, e desejam, através do casamento, beneficiar com toda essa generosidade de espírito, o maior número possível de pessoas. Essa semana o casal pediu que qualquer um que desejasse celebrar a ocasião, considerasse fazer uma doação para a caridade, em vez de enviar um presente de casamento.

O Príncipe Harry e Meghan Markle selecionaram pessoalmente sete organizações que gostariam de apoiar. O casal não têm nenhum relacionamento formal com as instituições de caridade escolhidas, mas escolheram instituições que representam uma série de questões pelas quais são apaixonados e se identificam com a causa, incluindo o esporte para a mudança social, o empoderamento das mulheres, a conservação, o meio ambiente, a falta de moradia, instituição de apoio a crianças portadoras de HIV e as Forças Armadas. Muitas dessas entidades são pequenas instituições de caridade e o casal tem o prazer de poder ampliar e iluminar seu trabalho.

O que isso tem a ver conosco? Inspiração. A lista de casamento solidária é uma opção que muitos casais que moram juntos e tem a casa inteira montada, escolhem para celebrar a união. Os noivos relacionam as instituições que apoiam e se identificam e pedem doações no lugar de presentes de casamento.  Na verdade, basta que esse seja o desejo do casal, independentemente de ter ou não uma casa já mobiliada.

Ok, muitos vão dizer que o Príncipe Harry e Meghan Markle não precisam de presentes de casamento, mas sabemos de casamentos da realeza que os noivos não optam por uma lista solidária, da mesma forma que casais de celebridades elaboram uma lista de presentes milionária. Não devemos menosprezar a solidariedade do Príncipe Harry e Meghan Markle, nem julgar casais célebres ou da realeza que recebem presentes de casamento. O que devemos é focar no amor e de repente, se você e seu noivo tem esse sentimento de gratidão e solidariedade no coração por estarem vivendo um momento tão sublime e de amor, por que não se inspirar não somente no vestido da noiva e na decoração do casamento, mas também nesse ato de amor e generosidade e fazer você também uma lista de casamento solidária?

É bem simples e basta fazer como o Príncipe Harry e Meghan Markle: listem instituições de caridade com as quais vocês se identifiquem e apoiem; conheçam a seriedade o trabalho que é feito por essas entidades e informem aos seus convidados que os noivos optaram por doações às instituições indicadas, no lugar de presentes.

É uma maneira linda de celebrar o amor e o casamento. E como tenho dito bastante esse ano, é uma forma de compartilhar e espalhar o amor. Portanto, inspirem-se.

 

Casamentos ao ar livre | Vestidos para Noivas e Madrinhas

Estatisticamente temos a comprovação de que casar ao ar livre é mais do que sonho, é realidade, desejo e necessidade. Os casamentos ao ar livre são lindos, cheios de luz e cores, mas como dito por especialistas nesse post (clica e confere), os noivos e convidados devem seguir uma série de cuidados e ficarem ligados em vários detalhes. Mas quando chega no quesito “com que roupa eu vou”, tudo parece ainda mais complicado.
Parecia, porque a estilista Carol Hungria tem uma série de dicas mais do que úteis, necessárias, para noivas e madrinhas que estão às voltas com o sonho do casamento ao ar livre, seja campo ou praia, mas estão com dúvidas sobre o que vestir.  As incertezas acabam agora com esse guia de estilo para noivas e madrinhas para casamentos ao ar livre, com os principais conselhos para as noivas e algumas dicas importantes para as madrinhas!
Noiva: Maria Beatriz / Fotografia: V Rebel

Noivas – Conselhos

1 – Tudo pode

O que mais ouço das noivas que vão se casar em cerimônias ao ar livre é que elas têm medo de parecerem exageradas demais. Medo de volume, medo de manga comprida, medo de renda… Enfim! Minha dica é: seja fiel ao seu estilo e ao estilo do seu casamento e tudo ficará harmônico no final! Se o casamento é “pé na areia” mas a sua decoração é clássica, por que não optar por um modelo com uma saia princesa? Ela não precisa ser super volumosa ou ter muito brilho!
Noiva: Maria Beatriz Freire /
Fotografia: V Rebel
Noiva: Anna Paula Kummel / Fotografia: Yellow Studio
Noiva: Bianca Nogueira / Fotografia: Giovani Garcia

2 – Exagere, mas com equilíbrio

Ainda sobre a história de se usar tudo o que tem vontade, outra dica importante é equilibrar os pontos! Se vai apostar na saia volumosa que citei, por exemplo, opte por um tecido mais leve, com movimento ou com uma leve transparência, como a organza de seda, a mousseline ou mesmo o tule francês! Um exemplo que gosto bastante para ilustrar esse ponto, é o vestido da Tata Estaniecki, que apesar de ser inteiramente bordado, foi feito em um tecido leve, uma modelagem bem sequinha e alças finas para não pesar no visual!
Noiva: Tata Estaniecki /
Fotografia: Raul
Noiva: Isabela Furtado / Fotografia: Fernanda Suhett

3 – Manga comprida e modelos mais fechados podem

É certo que o calor é um dos grandes protagonistas dos casamentos que acontecem na primavera ou no verão, mas isso não quer dizer que os vestidos precisam ser super decotados e abertos. Se for optar por mangas, nada como uma base de tule pele com aplicações mais espaçadas e delicadas de elementos da renda francesa do vestido, como flores e galhos, que não vão resultar em um visual tão pesado.
Outro recurso possível é apostar na versão removível para a festa, que vai deixar a noiva mais confortável para a pista de dança e ela pode tirá-las facilmente no momento em que quiser, depois de já ter feito todas as fotos!
Um truque de styling que também funciona super bem é substituir as mangas de tecido por fios de pérolas caídos nos braços!
Sobre o decote, os modelos mais fechados são sim bem vindos nessas ocasiões também! Nesse caso, podemos deixar o forro do vestido um pouco mais decotado e cobrir o quanto a noiva quiser com renda, com aplicações em 3D ou com tules de poá ou xadrez, que vai deixar uma transparência bem bonita sem revelar muita pele!
Noiva: Anna Carolina /
Fotografia: Gustavo Marialva
Noiva: Maria Beatriz Freire /
Fotografia: V Rebel
 

4 – E os acessórios?

Para os acessórios, as dicas seguem a mesma linha dos vestidos! A noiva não precisa abrir mão de usar uma grinalda mais coroa ou uma mantilha porque optou por casar na praia ou no campo! Ela pode apostar em peças mais delicadas para a cabeça, em tamanhos menores ou com pérolas em vez de pedras!
Se o vestido já está super trabalhado, eu sugiro equilibrar o visual com um véu mais liso de uma camada, que faz um efeito de entrada na cerimônia bem bonito, mas sem pesar! Outro modelo que tem feito bastante sucesso no Atelier são os com bordados de pérolas salpicados por todo o comprimento. Fica super delicado!
Importante: os cenários ao ar livre pedem saltos mais grossos ou sapatos mais baixos! Pense por onde você terá que caminhar e opte por um modelo que não causará desconforto!
Noiva: Patricia Porsche / Fotos: José Zignani
 

Madrinhas – Dicas

A roupa certa para a ocasião

A escolha do vestido, da beleza e dos acessórios devem fazer total sentido com o clima do local em que a festa vai acontecer e com o horário! Se a cerimônia está marcada para de manhã, aposte em peças com bastante movimento e sem pesar tanto no bordado e nos brilhos. Aqui, a textura das pérolas é preferível ao brilho de cristais! Se a cerimônia se inicia no fim da tarde e a festa continua à noite, vale somar um pouco mais aos bordados para dar uma iluminada ao vestido e aos acessórios!

Cuidado com excessos

Transparências, mega decotes ou tons super claros são mesmo a cara da primavera e do verão, mas sempre vale se perguntar se não está too much! Lembre que a noiva pode se incomodar com os exageros e que a protagonista é sempre ela!

O que está mais em alta

Nesse momento, o que vejo como mais “in” é usar um vestido liso, fluido e sem detalhes rendados. Ou um trabalho incrível de bordado feito à mão com flores 3D ou um bordado manual mesmo. Algo com textura como um xadrez ou um poá, mas evitando um pouco os trabalhos com renda!

E aí noivas e madrinhas? Acho que acabaram as dúvidas sobre o que vestir no casamento ao ar livre, não é? Amei as dicas da estilista Carol Hungria que sempre arrasa.
Inspirem-se