Casamento Civil e Home Wedding | Ellen e Filipe

Casamento realizado em 22 de abril de 2021 em Natal/RN

Gente essa pandemia que não passa, né? Que situação e ao ler a história de amor da Ellen e do Filipe pensei “quantas histórias de amor deixaram de acontecer no carnaval”. Pois é, se você não acredita em amor de carnaval, temos aqui um belíssimo casal e um inspirador casamento para provar o contrário. Ahh, eu amei e me divertir com a história leve e cheia de amor do casal. A Ellen desde sempre mostrando como é decidida e resolvida. Foram essas qualidades na noiva que fizeram que ela decidisse pelo casamento civil e uma mini recepção, um casamento em casa (home wedding) apenas para o núcleo mais próximo das famílias do casal. Com direito a live e tecnologia unido os afetos e pessoas especiais. E o home wedding teve tudo o que mais importa: casal lindo e transbordando amor e fotos lindas da Case com Bliss para registrar esse amor pra sempre e de todos os carnavais. Confere cada palavrinha da noiva.

História de Amor

Nossa história é bem inusitada. Em 2013, de última hora resolvi ir pro carnaval de Caicó. Cheguei lá sozinha pra encontrar com uns amigos, pois todas as minhas amigas estavam namorando e eu estava numa fase total desapego. Cheguei a noite e fui direto pra rua pois a festa já estava rolando. Fiz amizade com umas meninas da casa e começamos a andar pelas ruas. Até então não tinha bebido uma gota de álcool. Avistei Filipe numa esquina (ele com 1,93 e sempre amei homens altos) e olhei também a perna tatuada dele (amo homem tatuado tbm). Continuei andando e ele ficou pra trás. Ao chegar no final da rua decidi voltar porque deu na telha que queria ficar com ele. A menina perguntou: como você vai fazer? Respondi: ele vai me ver. Fiquei parada próximo e dois amigos dele deram em cima de mim. Quando o segundo veio eu disse que só ficaria com o grandão, se não fosse isso eu ia embora. E assim eles fizeram, trouxeram Filipe que já não estava muito 100%. Eu o beijei sem perguntar nome, nem de onde era, dei as costas e fui embora, afinal, estava ali só pra curtir. No outro dia, uma das garotas que estavam comigo encontrou ele e saiu trazendo pelo braço: “olha quem eu encontrei pra você!” E beijei ele de novo!! E fui embora de novo, sem lenço nem documento. No terceiro dia eu bebi e estava pulando muito doida na rua, quando me esbarro com uma pessoa. Quando viro era quem? Ele mesmo, de barba descolorida e só de avental. Caímos na risada juntos e disse: “vamos nos apresentar, né?” Disse meu nome, ele disse o dele e ficamos novamente. Quando chegamos ao final da rua eu disse: pronto, vou embora agora (eu não queria “casar” na festa) e fim de história. Quando voltei pra Natal, na época fazia estágio e comentei com minhas amigas que conheci muitas pessoas legais, troquei telefone, mas tinha um que não sabia nem de onde era. Só sabia que se chamava Filipe e que eu tinha adorado ficar com ele. Nesse mesmo dia, chegou uma solicitação no Facebook de um tal Filipe Medeiros. ERA ELE! Ele me encontrou porque um conhecido dele estava na minha casa e estava vestido com a mesma camisa que a minha e ele lembrou. Me procurou a partir dessa foto e me achou. Segundo ele, em carnaval não se encontra gente que preste, porém… ele tinha 3 amigos em comum comigo: a prima, uma cliente minha e um amigo e todos falaram bem de mim. Então eu aceitei ele e puxei conversa, digamos que isso foi numa quarta pra quinta. Na sexta já saímos, no sábado saímos de novo e no domingo… e ele foi todos os dias na minha casa durante 30 dias. Foi quando me pediu em namoro no falecido Abade. Fizemos 8 anos em 22/03/21. O pedido de casamento foi algo nada ensaiado e nada romântico. Ele é muito tímido e na dele e não gosta dessas coisas. Ele disse que precisávamos olhar umas alianças para ver qual era mais bonita quando quiséssemos nos casar um dia. Me pegou no trabalho e me levou na Vivara. Lembro que fui de chinelo toda desarrumada, e lá disse qual delas eu gostava mais. Foi quando ele pediu a moça pra fechar o pedido e eu realizei ali que ia me casar. “Isso foi um pedido de casamento?” Ele respondeu que sim kkkkk comemoramos jantando no falecido Hamashi em ponta negra.

Os Preparativos

O casamento estava marcado pro dia 25/03 à tarde. Filipe e meus sogros se contaminaram com covid e tudo foi por água abaixo. Quando remarquei colocaram pra de manhã. Graças a Deus os fornecedores me ajudaram muito, principalmente o salão que me recebeu antes mesmo do horário comercial pra me ajudar. Fiz tudo sozinha e de forma bem simples. No dia minha cunhada me ajudou a montar as coisas.

O Grande Dia e a escolha por um casamento menor

Priorizamos a saúde e para tal, o distanciamento social. Não convidamos ninguém além dos nossos núcleos de convivência. Doeu muito não chamar todos, mas tivemos que ter responsabilidade. Realizei uma live para a família e amigos se sentirem mais perto. Deveríamos ter casado em 2020, deixamos pra 2021 achando que tudo estaria melhor e não foi assim. Então decidi não mais adiar chamando apenas nossos pais e irmãos (com o plus da minha afilhada de 3 anos e sua mãe – umas das minhas melhores amigas). Não teve toda aquela pompa da igreja. Mas um momento feliz foi assinar os papéis, realizei ali que era verdade.

E para finalizar uma dica super especial da noiva:

Dica da Noiva

Não deixem de realizar o desejo de vocês devido o momento atual. Pudemos comemorar com nossos pais e irmãos e eternizar o momento com fotos, quantos não perderam seus entes queridos nos últimos tempos? Fiquei extremamente feliz em poder realizar na minha casa uma mini festinha e ter criado essa memória afetiva pro resto da minha vida! Tudo valeu a pena!

Guia Noiva de Evasê

Fotografia: Case com Bliss | @casecombliss

Muitíssimo obrigada aos noivos por compartilharem o casamento com o blog Noiva de Evasê e inspirar outros casais. Felicidades aos casados.

Fornecedores desse Casamento:
Por questão de direitos autorais, o blog Noiva de Evasê tem a obrigação legal de citar apenas o profissional de fotografia. Todavia, o blog gentilmente publica a lista de Fornecedores desse casamento, a qual foi solicitada aos noivos e enviada por eles, constando os profissionais que os mesmos indicam.
Fotografia: Case com Bliss | @casecombliss | Bem-casados: @joliecafepatisserie | Beleza da noiva (cabelo e maquiagem): Salão Thalyson Salvino – Cabelo: @ilzalopes_ / Maquiagem: @isabelepinheiro.make | Bolo do casamento: Alana Fonseca Confeitaria | Buffet: @raquelcostagastronomia | Cerveja: Brahma duplo malte | Decoração do salão: No caso eu só aluguei as peças pra compor a mesa @pedromaiadecora | Docinhos e chocolates: @alanafonseca__ | Figurino do noivo: @zara | Recepção: Meu apartamento  | Sapato da noiva: @uzashoes | Sapato do noivo: @nohashoes | Vestido da noiva: Roupa da Zara (calça + tricot) | Flores: @fascinacao_flores

Mini Wedding Ivana e Égon

Casamento realizado em 09/01/2021 em Natal/RN

Sabemos que desde o ano passado estamos atravessando uma fase muito difícil e dolorosa. Muitos sonhos adiados, muitas pessoas sofrendo. Não podemos celebrar a vida e o amor como antes e muitos permanecem distanciados dos familiares e amigos. No final de 2020 e início de 2021, as coisas pareciam sob controle e muitas festas de casamento puderam ser celebradas seguindo os protocolos de biossegurança. São esses casamentos que nos enchem de esperança de que dias novos virão pela frente, que iremos publicar para que vocês possam permanecer acreditando que tudo isso passará. Temos a vacina e precisamos adotar medidas para nos protegermos e a quem amamos, mas precisamos também nutrir nossos corações e nossos sonhos. Assim, o mini wedding lindo da Ivana e Égon nos faz acreditar no amor e num casamento lindo cercado de muito amor e beleza. E vamos começar conferindo a linda história de amor desse casal acreditando que tudo passará.

História de Amor

Bem, eu e Égon nos conhecemos no Balada Bar, mas nosso encontro foi planejado antes por Nossa Senhora da Apresentação. Era dia 16 de novembro de 2018, estávamos vivenciando a novena de Nossa Senhora da Apresentação, padroeira de Natal, de quem somos devotos, e antes de ir pro Balada Bar, fui participar da missa em honra a Nossa Senhora da Apresentação, na antiga catedral, local que posteriormente escolhemos para ser a igreja da celebração de nosso matrimônio. Sempre rezei e pedi a Deus que, se minha vocação fosse o matrimônio, que Ele me enviasse um marido como São José. Foram várias orações, pedidos a Santo Antônio, São José, Santa Rita, Santa Luzia, até no dia de Todos os Santos, e nunca escondi isso de ninguém, que rezava e pedia a Deus o meu José. Muito menos me importava com as brincadeiras quando diziam que eu ia ficar pra titia, pois eu esperava em Deus, desejava quem Deus tinha reservado para mim. E naquele dia 16 de novembro de 2018, aos pés do altar da antiga catedral, eu escancarei meu coração a Deus em uma das orações mais sinceras que já fiz na vida e pedi que se não fosse minha vocação o matrimônio, que se não fosse a vontade d’Ele a se realizar em minha vida, que Ele tirasse do meu coração esse desejo. E clamei a Nossa Senhora da Apresentação por sua intercessão dizendo: Minha Mãe, apresenta a seu filho essa minha prece, eu sei que devemos esperar em Deus, que o tempo até se concretizar o que Ele sonha pra nossa vida é um tempo de preparação para o melhor acontecer, mas já está doendo em meu coração, por favor, como nas bodas de Caná, que ainda não era a hora de Jesus iniciar sua vida pública com seus milagres e Ele atendeu a seu pedido, mesmo ainda não sendo a hora de Deus enviar o meu José, se a senhora pedir ele vem. E ele veio naquela mesma noite, em um encontro totalmente improvável de acontecer e em circunstâncias que depois só conseguíamos enxergar o direcionamento de Deus para nos conhecermos. A amiga que me acompanhou ao Balada Bar era amiga de infância de Égon, mas eles não se viam há muitos anos. Ele disse que não tinha intenção alguma de ir ao Balada Bar naquela noite, que passou em outros três lugares antes de lá, mas não conseguia entrar ou uma mesa para sentar, até que parou no Balada e, assim que entrou no bar, me viu de longe conversando com um casal de amigos e se encantou. Nesse momento, eu não estava com a minha amiga e de repente o vejo chegando em nossa mesa e conversando com ela. Antes de eu retornar, ele saiu da mesa e falou que quando viu que tínhamos uma amiga em comum, não perdeu tempo para pedir que nos apresentássemos. Depois de dançarmos vários “forrozinhos”, conversas e risos, ficamos! Quando fui embora, Égon foi me deixar no carro (não estava bebendo, por isso fui de carro! Se beber não dirija! Risos) e viu o adesivo da festa de Nossa Senhora da Apresentação com uma imagem imensa dela no meu carro e me perguntou se eu era devota, pronto… Foi o que bastou para conhecermos esse lado religioso um do outro com partilhas sobre devoção a Nossa Senhora da Apresentação, orações, terço, Canção Nova, grupos de jovens e foi dado aquele estalo: Meu Deus, é ele o meu José! A partir de então nossa convivência passou a ser diária através de mensagens, ligações e o primeiro encontro oficial foi um convite para irmos juntos à missa e oficializamos o namoro em fevereiro de 2019. O pedido de casamento foi uma linda surpresa feita por ele em nossa viagem para o Chile em julho de 2019, em um jantar super romântico no restaurante Giratório. Foi literalmente uma surpresa para mim, pois só namorávamos há 05 meses, mas quando Deus faz é assim, acontece sem ao menos a gente esperar. Eu disse sim com todo o amor que já existia em mim e a única condição que coloquei foi: quero casar em novembro, mês de Nossa Senhora da Apresentação, e na antiga catedral, condição mais do que aceita por Égon.        

Os Preparativos

Assim que retornamos de viagem já iniciei os preparativos do casamento. A primeira coisa foi conseguir a data na igreja e agendamos para 28 de novembro de 2020. A partir de então fui em busca de alguns profissionais e fornecedores que gostaria muito de contratar, caso estivessem dentro de nosso orçamento, pois já conhecia o trabalho de casamentos de outras amigas. Do início de nossa preparação até a data do casamento, tínhamos 16 meses, então fizemos uma programação financeira para que fosse possível contratarmos tudo como queríamos. Tanto eu como Égon não queríamos um casamento à noite, optamos por ser pela manhã e de frente pro mar, que não fosse praiano. Assim, fomos fechando os contratos principais, como cerimonial, buffet, local da recepção, fotografia e filmagem, doces, bem-casados e convite. Eu não abria mão de contratar os fornecedores que tinha em mente por já conhecer o trabalho. E confesso que essa escolha foi fundamental com o momento que viveríamos em 2020, com a pandemia da Covid-19. Ao final de 2019, já estávamos com 70% dos fornecedores do casamento contratados. Com a chegada de 2020, nossa emoção aumentou e iniciamos a contagem regressiva para o nosso grande dia, mas em março tudo mudou. A decretação da pandemia da Covid-19 nos trouxe grandes incertezas e o cenário de doença e morte que marcava aquele ano nos fez querer mudar o ano do nosso casamento, imaginávamos que até o final do ano tudo estaria resolvido, mas não queríamos mais casar em 2020, pensamos em mudar para o início de 2021 para termos o clima de renovação, vida nova, esperança no novo, e assim remarcamos nosso casamento para 09 de janeiro de 2021. Contudo, a situação na saúde não melhorou como imaginávamos e até essa data passou a ser uma incerteza no decorrer de 2020. De março a agosto de 2020 ficamos totalmente parados na organização do nosso casamento, foi um momento de grande dor e tristeza, pela situação que vivíamos e pelo nosso sonho que não poderia mais ser realizado da forma como pensávamos. Com a liberação dos eventos em agosto de 2020, seguindo os protocolos de biossegurança, resolvemos manter a data em janeiro de 2021 e corremos contra o tempo para concluir a organização e fazermos as adaptações necessárias, como por exemplo, a redução da lista de convidados e a mudança de igreja para mantermos o distanciamento social entre os convidados tanto na cerimônia como na recepção. Com as mudanças e as adaptações às exigências sanitárias, tivemos acréscimos em nosso orçamento com novas contratações, aquisição de álcool em gel, porta máscara e caixa de doces para todos os convidados, acréscimo na decoração, já que optamos pela Catedral Metropolitana porque não abríamos mão de casar em uma igreja de Nossa Senhora da Apresentação. Procuramos cumprir à risca todas determinações do protocolo – uso de máscara, verificação de temperatura e distanciamento entre os convidados – para que não houvesse risco de contágio e graças a Deus e a Nossa Senhora da Apresentação, nenhum dos nossos convidados ou dos prestadores de serviço se infectou durante o nosso casamento. Reforço que a escolha dos profissionais, lá no início da organização, foi fundamental para que mesmo diante de tantas adversidades fosse possível realizar o nosso casamento, que foi muito além do que esperávamos ser pelas restrições vividas.  

O Grande Dia

Foi um dia lindo, cheio de amor e emoção do início ao fim. Todas as preocupações e medos que estavam em nosso coração por causa da pandemia sumiram naquele dia, Deus nos deu tanta paz, o que sentíamos era tranquilidade, serenidade e a certeza de que tudo daria certo. Ao entrar na igreja e ver os nossos convidados, nossos familiares, saber que mesmo em plena pandemia eles estavam lá para testemunhar nossa união, nosso amor e rezar pela nossa felicidade encheu nossos corações de alegria. Aqueles que não podiam estar na recepção estavam na cerimônia e isso nos emocionou bastante. A cerimônia foi cheia do amor de Deus, sentido por mim, por Égon e por todos que lá estavam. Descrever em palavras como foi e o que sentimos nunca será suficiente, mas foi um dia memorável e muito melhor do que podíamos imaginar que seria. Sentir o amor e o carinho de todos, que mesmo de máscara, sorriam e se emocionavam com o olhar foi algo divino.

Vamos conferir esse casamento lindo demais com fotos maravilhosas da Case com Bliss e uma noiva deslumbrante com maquiagem e penteado por Hegley Beauty Artits. Vem ver!!!

Momentos Emocionantes

Os momentos mais emocionantes com certeza foram na cerimônia do matrimônio, a religiosidade é muito forte em nós dois e o ápice de nossa história de amor era a nossa união com Deus. Escutar as palavras de Deus através da homilia de Padre Elielson, ele afirmando que a vontade de Deus se concretizava em nossa vida naquele momento, os nossos votos e o momento da eucaristia, em que entregamos um ao outro o corpo e o sangue de Cristo ficarão para sempre marcados em nossas vidas.

E não podemos finalizar esse post lindo com uma dica muito especial da noiva

Dica da Noiva

Escolham bem seus fornecedores, contratem profissionais sólidos no mercado, com credibilidade e experiência, pois lhes dará confiança de que seu evento ocorrerá e da melhor forma possível.

Guia Noiva de Evasê

Beleza da noiva (cabelo e maquiagem): Hegley Beauty Artists, profissional: Hegley | Filmagem: Case com Bliss | Fotografia: Case com Bliss

Muitíssimo obrigada aos noivos por compartilharem o casamento com o blog Noiva de Evasê e inspirar outros casais. Felicidades aos casados.

Fornecedores desse Casamento:
Por questão de direitos autorais, o blog Noiva de Evasê tem a obrigação legal de citar apenas o profissional de fotografia. Todavia, o blog gentilmente publica a lista de Fornecedores desse casamento, a qual foi solicitada aos noivos e enviada por eles, constando os profissionais que os mesmos indicam.
Filmagem: Case com Bliss | Fotografia: Case com Bliss | Beleza da noiva (cabelo e maquiagem): Hegley Beauty Artists, profissional: Hegley | Acessórios da noiva (joias, tiara etc): Casa da Noiva Dress | Agência de turismo que organizou a lua de mel e qual o destino: Auritur Turismo e o destino foi Gramado e Canela/RS | Bebidas: Espumante – Adega Natal, Chopp (Stella Artois) – Chopp Brahma Express, Drinks – Bar Service, Uísque – supermercados, Água de coco – JP Coco Verde | Bem-casados: Rafaela Fontes  | Bolo do casamento: Daniel Bezerra | Buffet: Olimpo Recepções | Buquê de flores: Verde Claro Decoração | Caixetas p/ docinhos: Caixetas&Cia | Calígrafo: Thamisa – Ativa Cerimonial | Carro traslado da noiva: JF Vallet | Celebrante: Padre Valdir Cândido (presidente da cerimônia e pároco da Catedral Metropolitana de Natal), Padre Flávio Herculano (pároco da paróquia Santa de Rita de Cássia dos Impossíveis, onde frequentamos), Padre Elielson Cassimiro (vigário paroquial da paróquia Santa Maria Mãe) e Padre Paulo Henrique (Diocese de Anápolis/GO) | Cerimonial: Ativa Cerimonial | Cerimônia religiosa: Catedral Metropolitana de Natal | Chocolates: Rafaela Fontes | Cerveja: Chopp Stella Artois, fornecido por Chopp Brahma Express | Chuva de prata: Audiomais Sonorização e Iluminação | Convite: Denise Lins / Aquarela do convite: Petterson d’Antas | Decoração da igreja: Verde Claro Decoração | Decoração do salão: Olimpo Recepções | Docinhos e chocolates: Rafaela Fontes | Figurino do noivo: Lapela Trajes Masculinos | Gerador: AR Geradores | Hotel das núpcias: Hotel Manary | Iluminação: Audiomais Sonorização e Iluminação | Lembrança dos padrinhos e madrinhas: A lembrança de convite para padrinhos e madrinhas foi uma caixa de cartonagem com as iniciais dos padrinhos e dentro uma mensagem de convite, bem-casados e macarrons em tons pastéis como sugestão de cores para o vestido das madrinhas. Caixas: Isaura Rosado e os bem-casados: Cinthia Goes Confeitaria e os macarrons da Cookorote. A lembrança em agradecimento pelo convite ter sido aceito: Atelier Lúcia Lima com um porta-joias em prata de Catarina Robles para as madrinhas e para os padrinhos, uma gravata na tonalidade cinza A Primavera. Para as madrinhas e padrinhos solteiros: porta-joias, gravata e lembrança com sabonetes artesanais de Ideias Perfumadas | Lembrança de pajens e damas: lembrança para o convite caixa em cartonagem, com as iniciais das crianças e dentro uma mensagem e vários doces e um brinquedo. Para a lembrança de agradecimento: caixa em kraft, feita e decorada pela Verde Claro Decoração com um porta-joias em prata de Catarina Robles e uma câmera fotográfica infantil para as meninas e para os meninos, a mesma caixinha com um carro de brinquedo e uma câmera fotográfica também. Para duas crianças menores: caixa com um conjunto de pintura | Lista de presentes: Camicado e site dos noivos pelo ICasei (www.ivanaeegon.com) | Receptivo: Harmonium | Música ao vivo: Carmem e Levi (1ª banda) e Dan Castro (2ª banda) | Música da igreja: Harmonium | Papelaria e identidade visual: Ruah Ateliê | Placa do carro: JF Vallet | Recepção: Olimpo Recepções | Roupão personalizado (noiva e mãe da noiva): Lúcia Robes e eu utilizei um robe da Casa da Noiva Dress | Roupão personalizado (madrinhas e amigas): Lúcia Robes | Suporte das alianças: Verde Claro Decoração | Sapato do noivo: Noha | Site de Casamento dos noivos: Icasei (www.ivanaeegon.com) | Sonorização: Audiomais Sonorização e Iluminação | Taças do brinde: Olimpo Recepções Vestido da noiva: Casa da Noive Dress | Segurança igreja e recepção: JF Vallet | Convite padrinhos: Atelier Lucia Lima | Roupa damas: Casa da Noiva Dress | Roupa pajens: Lapela Trajes Masculinos | Penteado damas: Hegley Beauty Artists | Roupa mãe da noiva: A Primavera | Roupa mãe do noivo: Grupo Glamour – João Pessoa/PB | Lágrimas de alegria: Ruah Ateliê, que além das lágrimas fez também as lembranças da cerimônia – Leque e álcool em gel

Casamento ao ar livre | Calabelle e Hely Neto

Começamos o ano com um casamento romântico e simplesmente belíssimo e muito inspirador. Prepara a pastinha porque a noiva está fabulosa e o registro da Case com Bliss é a coisa mais linda que vocês verão hoje, pois representa exatamente a felicidade e o amor da Calabelle e do Hely. A celebração e a festa foi na Macamirim Eventos que se vestiu nas cores que a noiva sonhou e a capela e os jardins se vestiram com a identidade dos noivos e o casamento representou a personalidade do casal. Detalhe para a festa apoteótica que teve um bocado da cultura dos noivos e muita bombação com o Festival de Parintins. Claro que vocês estão ansiosas para ver tudo, mas casamento se faz com história de amor e a festa com muito planejamento e organização e a seguir a noiva conta todos os detalhes, desde como se conheceram, o pedido e como foi construir um casamento tão lindo e animado.

História de Amor

É uma história bem engraçada. Em 2007 já cursava faculdade, mas minha irmã mais nova ainda estava no ensino médio e eu a buscava todos os dias. Em um desses dias desci do carro para jogar basquete com ela e seus amigos e Hely me viu, ele é 6 meses mais novo que eu e estava no último ano do colégio, por coincidência Hely estava ao lado de uma amiga em comum e ela perguntou o que ele tinha achado de mim e a resposta dele foi “aquela ali é uma máquina”. Ela fez o favor de passar meu telefone para ele, depois de conversarmos, marcamos um encontro no show do Jeito Moleque e apesar de eu ter dito que só nos veríamos aquela única noite, me apaixonei de cara e não o larguei mais. Namoramos por 10 anos, mas em 2017 terminamos por não estarmos preparados para o casamento e logo depois do término surgiu uma oportunidade na empresa onde trabalho para vir assumir uma função em Natal/RN. Participei da seleção e fui aprovada, ali parecia que nosso término seria definitivo, mas o aperto no coração falou mais alto. Voltamos a conversar, decidimos que nos daríamos mais uma chance e reatamos. Foi um ano bem difícil, eu praticamente trabalhava para pagar as idas à Manaus, até que em 2018 o Hely resolveu que viria morar comigo e meu coração ficou em paz. Já falávamos de casamento e já tinha certeza que queria casar na Macamirim Eventos e que as fotos seriam do Case com Bliss, mas nada estava oficializado. Até que no dia 19 de janeiro de 2019, eu sai para passear com o nosso filhote e no meio do passeio o Bon Jovi ganhou uma gravatinha de um pet shop. Quando voltamos para casa, Hely perguntou sobre a gravata nova e pediu para ver, depois disse para eu dar o comando de ‘vem’ para BJ e tirar a gravata, quando puxei a gravatinha já vi o anel que estava pendurado e comecei a chorar, não lembro nem se deixei Hely realmente fazer a pergunta “QUER CASAR COMIGO?” só sei que dizia “sim, sim, sim, mil vezes sim!” Entre abraços, lágrimas e lambeijos de Bon Jovi. Foi incrivelmente lindo, à noite comemoramos em um jantar e aí foi dada a largada para a escolha de data e todo o planejamento para o grande dia.

Os Preparativos

Foi um momento muito gostoso. Moramos só eu e Hely em Natal, então ele teve que participar de todas as reuniões, tomávamos as decisões juntos e quando parecia que tudo ia dar errado, Hely estava lá para me dar o suporte. Tivemos duas assessorias, uma para o casamento e outra para a welcome party e muitas das vezes elas tinham soluções para nos apresentar. Foi ótimo, posso dizer que aproveitei muito meu tempo de noiva. Eu não queria que o noivado passasse de um ano, mas fomos obrigados a mudar a data original, o impacto foi bem difícil, mas acabou que a segunda data foi melhor que a primeira, mais convidados conseguiram se programar para comparecer, fizemos praticamente um destination wedding, 80% dos convidados vieram de Manaus e a expectativa que nós compartilhamos com eles foi incrível, casamos perto das festas de fim de ano e parecia já estarmos contagiados com a magia natalina.

O Grande Dia

A semana que antecedeu o casamento foi surreal, vários contratempos surgiram e pensei que não iríamos conseguir, mas já na welcome party, que oferecemos para receber os convidados de Manaus e aconteceu no dia anterior ao casamento, a energia era diferente, ver nossa família e amigos felizes em celebrar o nosso amor nos recarregou e fez saber que dali em diante tudo daria certo e que só teríamos que aproveitar. Quando amanheceu dia 7 e estava meio nublado, eu e Hely oramos e pedimos que tudo naquele dia acontecesse da maneira que Ele desejasse e que fosse o melhor para nós. Mesmo com as pancadas de chuva que caíram, o dia foi muito lindo, a emoção era tangível, vide o Hely durante toda a cerimônia, sentimos o amor de Deus em todos os momentos.

Momentos emocionantes

Com certeza foi a entrada das alianças, nossa vozinha nos deu a alegria de comparecer ao casamento (dado o momento delicado que estamos passando) e nos entregou as alianças junto com sua bênção.

A Festa

A surpresa que conseguimos fazer para nossos convidados ao trazer um pedacinho do festival de Parintins para nosso casamento, para quem é do Amazonas, se não tiver boi no casamento, é o mesmo que não se casar.

Esse post não pode acabar sem uma dica dessa noiva maravilhosa:

Dica da Noiva

Deixe toda a programação do casamento alinhada com o cerimonial, para que você possa desapegar e conseguir aproveitar o quanto puder o dia de vocês e lembre que nem sempre o que é óbvio para você é óbvio para os fornecedores, diga exatamente o que quer.

Guia Noiva de Evasê

Filmagem: Case com Bliss | Fotografia: Case com Bliss| Recepção: Macamirim Eventos | Véu: Thiago Almeida

Muitíssimo obrigada aos noivos por compartilharem o casamento com o blog Noiva de Evasê e inspirar outros casais. Felicidades aos casados.

Fornecedores desse Casamento:
Por questão de direitos autorais, o blog Noiva de Evasê tem a obrigação legal de citar apenas o profissional de fotografia. Todavia, o blog gentilmente publica a lista de Fornecedores desse casamento, a qual foi solicitada aos noivos e enviada por eles, constando os profissionais que os mesmos indicam.
Filmagem: Case com Bliss | Fotografia: Case com Bliss | Recepção: Macamirim Eventos | Véu: Thiago Almeida | Bem-casados: Daniel Bezerra | Beleza da noiva: Arrase Nah make e Penteados Luana | Bolo do casamento: Daniel Bezerra | Buffet: San Valle | Calígrafo: Janela da arte | Celebrante: Padre Francisco Fernandes | Cerimônia religiosa: Capela de São Paulo Apóstolo, Macamirim Eventos | Palha italiana: Doce papel Natal | Bolo de Pote: Bru cakes | Chuva de prata e fogos: Tupana fogos | Dia da noiva (local): Loft macamirim | Dia do noivo (local): pousada macamirim | Docinhos e chocolates: De Panela | Figurino do noivo: Brooksfield | Gerador: TCM | Hotel das núpcias: Loft macamirim | Iluminação: Jps | Música ao vivo: Reynaldo Junior acordeon, Canto da Mata (banda de Manaus), Wendell e Nanda | Dj: Avenuy | Música da igreja: Harmonium | Papelaria e identidade visual: estúdio fina flor | Sapato da noiva: Durval calçados | Sapato do noivo: Mr Cat | Sandálias: JN Atacado | Site de Casamento dos noivos: Icasei | Sonorização: Jps | Taças do brinde: Sottile Casa | Vestido da noiva: Casa da noiva | Convite padrinhos: estúdio fina flor | Roupa damas: Ateliê Izabel (Manaus) | Roupa mãe da noiva: Morena Rosa | Roupa mãe do noivo: ateliê Izabel (Manaus) | Drinks: oito coquetéis | Taças personalizadas: rei do copo | Souplat e taças: bamboo | Cabine de fotos: instaphoto.