Os Vestidos mais lindos do Oscar 2020

Estamos finalizando a temporada de tapete vermelho de 2020. Não cobri o mesmo afinco dos anos anteriores. Muita coisa aconteceu de 2012 para cá, desde quando vi que os tapetes vermelhos eram uma grande inspiração para vestidos de madrinha, mães de noivos, convidadas e até mesmo noivas. Do modelo em si, a toda a produção, make up, acessórios e penteado, tudo é muito inspirador e adaptamos para nosso “tapete vermelho”. “Antigamente” (2012) a cobertura era somente no site, depois passou a ser nos stories do instagram @noivadeevase (através de enquetes/brincadeiras) e esse ano ficou bem esporádico. Mas aqui estamos nós para não deixar passar em branco vestidos lindos alguns memoráveis. E vamos a minha lista dos mais lindos.

Brie Larson simplesmente magnífica num vestido com capa, que já vimos bastante por aí, mas quando um modelo está impecável, pouco importa se já foi bastante usado. Importa que está lindo e espetacular. E modelo Celine está absurdamente incrível. Eu usaria, e você?

Gal Gadot é a mulher maravilha e pode usar tudo, inclusive uma saia de organza e renda que parece algodão doce e ficar linda. Amei a combinação da saia com body de renda preta, tudo Givenchy Haute Couture.

Scarlett Johannson uma das mais lindas da noite com um Oscar de La Renta bem a cara e o estilo dela que é sempre sexy, elegante e sofisticada. E o modelo ainda ficou moderno com corpete desconstruído e canutilhos. Amei. Quem mais amou?

Renée Zellweger dona e proprietária do Oscar de melhor atriz, usando um Armani Privé feito exclusivamente e praticamente esculpido no corpo. Achei simplesmente belíssimo, preenche a cota de vestidos branco e é uma super inspiração para noivas autênticas, modernas e fashionistas.

Sandra Oh usou um Elie Saab com tudo o que tem direito: brilho, plumas, paetês, laços e mangas bufantes. Se não for para ir assim ao red carpet mais badalado da Terra, a gente nem vai, não é mesmo? Se eu usaria? Meninas eu jogo todo ano na mega sena da virada só pensando em ter um Elie Saab para chamar de meu.

Quando eu vi Mindy Kaling da minha tv eu gritei: fabulosa. Ela estava usando um vestido amarelo Dolce&Gabbana e joias Chopard. Muitas vezes a gente procura um vestido assim “simples” no modelo, mas o corte impecável e um tecido de peso fazem toda e total diferença. Aí você se joga nos acessórios bafônicos e no cabelo estilo old hollywood e o lacre vem.

Regina King estava divinal com muito drama e tafetá. Imagina esse vestido branco ou off white? Ficaria perfeito para uma noiva moderna e fashionista. Vale a inspiração e a ousadia.

Geena Davis estava suntuosa com um modelo Romona Keveza, estilista queridinha das noivas, e eu simplesmente quero e desejo esse vestido. Se você como mãe de noivos ou madrinhas está proibida de usar preto, imagina esse vestido numa outra cor, como verde esmeralda e a cor do ano o azul clássico? Escândalo define.

No geral achei o Oscar morno, mas a cota de inspirações para vestidos de festa está aí. Se joga e vai brilhar nos casamentos da vida.

Paris Fashion Week | Primavera 2019 | Zuhair Murad

Você já imaginou como seria uma discoteca dos anos 70 no fundo do mar? Se você nunca parou para pensar sobre o babado que essa mistura daria, Zuhair Murad não só pensou, como fez toda uma coleção com essa inspiração.

O estilista libanês mergulhou todos no fundo do mar durante essa temporada da Paris Fashion Week.

“A inspiração foi toda sobre o mar, o mundo do mar profundo, o mar das praias, de dentro e de fora”, explicou nos bastidores. Também citando Cher, Jerry Hall e Bianca Jagger, mulheres poderosas dos anos setenta e início dos anos oitenta, o designer navegou entre uma atitude mais sexy e rock – projetada com ombros mais afiados – e um lado mais suave e romântico.

O resultado como esperado é glamour com uma paleta de cores do azul-claro ao coral, peças ultra femininas com fendas, decores e macacão de cintura alta e as pernas da calça cortam estilo discoteca.

Você vai querer mergulhar nesse mar e usar todos os modelos. Vem ver.

Nesse mar não poderia faltar uma noiva bem deusa. Confere.

E aí? Amaram? Eu amei todos, sobretudo os esvoaçantes.

Inspirem-se.

Paris Fashion Week | Primavera 2019 | Elie Saab

Entra ano e sai ano e Elie Saab continua fazendo a mesma coisa: nos embasbacando com brilhos, canutilhos, lanteloulas e pedrarias. Achamos ruim? Nem um pouco. Só lamentamos não ter a mega sena da virada para usar um desses modelitos desfilados ontem na Paris Fashion Week, primavera 2019.

Qual a inspiração para essa coleção? Uma deusa marinha submersa saindo da água para a terra. Por isso o estilista libanês usou uma paleta aquática, com ramos de rendas ou lantejoulas em forma de coral rastejando pelos corpos de terninhos e vestidos feitos sob medida, ou usados ​​como padrões de ouro em vestidos de tule com decotes orgânicos. Mas o estilista também procurou evocar ondulações e formas de flora subaquática através de camadas ondulantes, efeitos plissados ​​e babados.

Mas se a inspiração era uma deusa aquática, também se percebe a vibe clássica de Old Hollywood, com alguns modelos com fendas e decotes drapeados e assimétricos.

Não sei vocês, mas eu queria quase todos os modelos, inclusive os vestidos com transparência, um estilo sereia sexy by Elie Saab. Mas tem os vestidos de um ombro só, modelos com frente única e cintura marcada. Acho que quero todos mesmo. Vem ver.

E fechando o desfile, temos a noiva de Elie Saab, sempre muito básica como vocês podem observar.

Sempre incrível, não é mesmo? E acho que no meio de tanto luxo, há muitas inspirações possíveis para madrinhas e até mães de noivos.

Inspirem-se