Mini wedding azul e rosa

O final do ano está se aproximando e, como já sabemos, o segundo trimestre, e, principalmente o mês de dezembro é o mais concorrido para casamentos.

Digamos que você ainda não tenha escolhido a sua decoração ou já esteja adiantando os preparativos para o seu casamento em 2013. E será uma festa durante o dia, para poucas pessoas, ou seja, um mini wedding.

Essa decor tão suave e romântica foi de um casamento numa marina. Tão lindo e delicado que combina com qualquer ambiente e fica muito meigo para um mini wedding.

A paleta azul e rosa realmente combina com o romantismo e se você procura uma decoração assim com tons mais suaves, tudo indica que amará essa sugestão.

Não esqueça o toque especial das velas!!!

Para saída dos noivos você pode preparar fitinhas nas cores da festa, para que os convidados possam vibrar com a alegria da união dos pombinhos!!! Fica tão lindo e diferente!!!

Suave e romântico. Muito lindo!!!

Esse bolo é muito lindo e combina muitíssimo com o mini wedding durante o dia!!!

Ai que lindo!!!!  Super inspirador!!!

Imagens Landon Jacob Productions

Despedida de solteira 50 tons de cinza

Demorô para uma mente criativa and pervertida bolar uma festa de despedida de solteira com o tema da trilogia mais lida, fantasiada, viciante e dominadora do momento: Cinquenta tons de cinza.

Ok, a pervertida sou eu, que quando vi esse aniversário de 30 anos só pensei das leitoras do Noiva de Evasê e num chá de lingerie.

Acredito que a trilogia de E. L. James tem tudo a ver com uma festinha de despedida ou um chá de lingerie (de preferência azul e comprada por Taylor) com temática absolutamente sexy e envolvente.

As referências para quem é fã do casal Christian Grey e Anastasia Steele são muitas e na maioria bem picante e sensual: gravata cinza – definitivamente não vou explicar as referências, porque afinal NÃO DÁ – algemas; bolas prateadas (OI!?); máscaras venezianas e, para dar uma quebrada no forte apelo sexual, outras peças decorativas como o chá preferido da Ana; balãozinho em formato de helicóptero (amo Charlie Tango) e livros antigos.

Todos esses elementos podem entrar como decoração da festa ou quem sabe inspirar algumas comidinhas e guloseimas hiper sensuais.

Ficaria perfeita uma decoração inspirada no quarto vermelho da dor ou melhor dizendo: nas cores do famoso quarto. Não vou incentivá-las a reproduzir aquele ambiente, né?! Mas o vermelho, preto e vinho ficariam ótimos como paleta para essa festa e o prata para harmonizar.

Uma despedida com o tema Cinquenta tons de cinza pede como bebida champanhe ou vinho e como sobremesa: sorvete de baunilha (hihihi).

Essa festa foi um niver adulto as amigas capricharam nas comidinhas eróticas. Então as imagens a seguir não são nada inocentes, portanto: tirem as criancinhas da sala!!!

E pra finalizar uma cabine de fotos com máscaras; algemas; chicote de montaria e muita diversão!!!

Amiga se você ainda não leu a saga (o que acho pouco provável), Cinquenta tons de Cinza está dividido em 3 livros: Cinquenta tons de cinza; Cinquenta tons mais escuro e Cinquenta tons de liberdade.

O mega empresário magnata biliardário,  jovem, lindo e sexy Christian Grey conhece a (até então) inocente e pura Anastasia Steele e atraído pela beleza da recém formada de olhos azuis, a convida para conhecer uma vida de luxúria, erotismo e medo.

O tórrido romance se passa em Seattle e você não vai conseguir parar de ler a história do complexo, perturbador e encantador Christian Grey. Sim, ele é isso tudo.

Essa febre chegará aos cinemas, mas ainda não sabemos quando. A escritora E. L. James já vendeu os direitos para a filmagem e todas piram pensando em quem encarnará o lindo de olhos cinza e profundos Christian Grey.

Alguns apostam em Ian Somerhalder da série Vampire Diaries (lembram dele em Lost?!)

Outros em Matt Bomer do seriado White Collar.

Há outros nomes na parada como Robert Pattinson, Ryan Gosling ou Henry Cavill.

Não vou discutir com vocês quem deve fazer o Christian porque meu marido tem ciúmes da trilogia (verdade hahaha), mas deixo vocês votando calorosamente no seu preferido e não consigo imaginar outros nomes que tão bem possam representar aquele cara tão doidinho além de Ian Somerhalder e Matt  Bomer.

Então votem em um dos dois e, desculpem-me, esse é o meu máximo de democratização!!!

[polldaddy poll=6724175]

Imagens Little Pickle Photography and design

Madrinhas de preto pode?!

Há uns 15 dias coloquei uma imagem na fan page do blog de uma noiva com suas madrinhas vestidas de preto e perguntei aos curtidores do blog se aprovavam aquela escolha. Alguns acharam bacana, outros não. E então a pergunta ficou no ar. Madrinha de preto pode?!

Como tudo num casamento a resposta não é uma só: depende.

Sinto muito se isso não vai esclarecer tudo, mas na verdade depende do que a noiva do casamento pensa sobre isso.

Eu, por exemplo, não achava nada demais uma madrinha ir de preto. Inclusive deixei todas livres para escolherem cor, modelo, o que quer que fosse do vestido de cada uma.

Porém,  para quem gosta de conhecer e seguir regras o que prevalece é o seguinte:

  • Geralmente não se repete cor no altar. As mães tem preferência para escolher a cor que usarão e a noiva indica uma cor para cada lado do altar e as madrinhas ficam livres para escolher a tonalidade.
  • A ordem para escolher as cores para o altar é: primeiro a mãe da noiva, em seguida a mãe do noivo e depois as madrinhas.

Essa regra pode ter exceção em relação às madrinhas. Algumas noivas pedem para que todas usem uma única cor, como comumente vemos em casamentos gringos e, nesse caso, é uma única cor mesmo, não há mudança de tonalidade.

  • A segunda regra e mais comum no Brasil é a noiva deixar as madrinhas livres para escolher a cor e pedir que se evite o preto.

Esse é ponto que queremos discutir.

O preto é uma cor que simboliza o luto e o casamento é um momento de profunda alegria, amor e que marca a união de um casal. Algumas acreditam que o preto traz mal presságio, o famoso azar, a zica e ninguém quer má sorte no casamento.

A gente sabe que brasileiro é um povo supersticioso e que de fato, algumas pessoas acreditam na falta de sorte que o preto pode trazer e, portanto, as noivas pedem para que se evite essa cor.

Claro que estão no direito delas!!! Então JAMAIS use preto se você é madrinha  e sua noiva NÃO AUTORIZA.

Como falei acima, não fiz essa objeção e se alguém quisesse usar, não haveria problema para mim.

O preto na minha opinião lembra elegância, sofisticação, não me passa a mensagem de tristeza e acho até bem bonito madrinhas de preto. Principalmente quando todas usam. Vamos ver??!!

Então agora quero saber a opinião de vocês e os comentários!!!

[polldaddy poll=6720647]