Vestido de noiva | Tipos de silhueta

Hello Noivas de Evasê!!!

Algumas de vocês já se olhou no espelho hoje e pensou: – Qual será o meu tipo de silhueta e o que o será que valoriza meu corpo??

Sempre me analiso no espelho para conseguir definir o meu tipo de corpo e o que veste melhor em mim e na minha fase de noiva não foi diferente. Sempre priorizei o que me favorecia, não à toa escolhi o corte evasê, pois considerando as infinitas modelagens de saia e decote e o que favorece meus pontos fortes e esconde os fracos (minha mega altura, por exemplo),  a saia em “A”, com cintura marcada e vestido de manga curta, era de fato o que me favorecia.

Independentemente de ser noiva ou não, conhecer o próprio corpo e as medidas, é um fator super importante para qualquer mulher que queira valorizar sua silhueta e encontrar roupas que lhe caiam bem.

Falando sobre os tipos de silhueta vamos pensar nas três medidas mais importantes para isso: ombro, cintura e quadril.

Os tipos são:

Ampulheta

É aquela que possui a medida dos ombros basicamente igual a dos quadris e a cintura é bem marcada, criando este formato com curvas. É considerada a silhueta mais proporcional e se você tem esse tipo de silhueta, a sua missão é valorizar o seu corpo ultra feminino e disfarçar uma coisinha ou outra, como como seios volumosos, pernas grossas, baixa estatura (o/). Mas lembre-se que a proposta é usar a roupa a seu favor. Você não deve ser escrava de um padrão.

Evite

Muito volume nos ombros ou no quadril e roupas excessivamente justas, se a sua intenção é ser uma noiva elegante e com estilo mais romântico. Se você faz a linha sensual, um corte sereia valoriza suas curvas.

Aposte

Chame atenção para seu rosto e pescoço, pois essa é uma forma de alongar ainda mais a sua silhueta e aposte em roupas que acompanhem o formato do seu corpo e decotes em “V”.

Triângulo invertido

Nesse tipo de silhueta as medidas de ombros e costas são maiores do que as do quadril, as pernas são mais finas, com pouca cintura ou quase nada e também com menos volume no bum bum.

Evite

Qualquer tipo de volume ou excesso na parte dos ombros e seios, como mangas bufantes, laços, babados e roupa largas na parte de cima e que afunilem na parte de baixo, acentuando o formato de triângulo invertido. Evite também tomara-que-caia, frente única e decotes em “V” muito abertos.

Aposte

Em saias evasê, godê, sais em camada ou com bastante volume.

Triângulo

O tipo triangular também é conhecido como pêra. Nesse tipo de silhueta a distribuição do peso é maior da parte do quadril, que tem medida maior do que os ombros e as pernas são mais grossas, às vezes com um pouco de culote e uma barriguinha. Não tem problema algum se seu corpo é assim, pois gostosura e curvas é praticamente o padrão da brasileira. O truque é usar roupas que favoreçam você.

Evite

Peças muito justas a partir do quadril e sapatos com tiras nos tornozelos.

Aposte

Em decotes ombro a ombro ou golas, que harmonizem a silhueta dando volume na parte de cima.

Retângulo

Nesse formato de corpo não há muitas curvas e pouca cintura. A silhueta lembra muito um retângulo exatamente porque não há muita diferença entre as medidas dos ombros, cintura e quadril. Geralmente as pessoas muito altas e magras tem esse biotipo.

Evite

Roupas muito retas e sem formas que deixem seu corpo sem definição e excesso de volume na parte superior do corpo.

Aposte

Em cintura sempre marcada com cintos ou faixas e peças acinturadas em geral. Aposte também em saias “A” ou evasê.

Oval

Na silhueta oval a maior medida está localizada na barriguinha. O volume dos seios e o tamanho dos ombros pode variar de pessoa para pessoa. A noiva que tenha mais volume no busto precisa se sentir confiante e segura para aproveitar o casamento e dançar a noite inteira, sem se preocupar com o vestido. Nesse caso, o vestido precisa ser bem estruturado e o decote das costas não pode ser muito profundo, o ideal são decotes até a altura do sutiã para garantir a sustentação. O decote em “V” na parte da frente valorizará seu busto.

Evite

Roupas justas ou largas demais e que dê ainda mais excesso ao que você quer disfarçar. Evite também decotes canoa e nada fechado demais.

Aposte

Em decotes “V” ou “U”.

Não sei se isso acontece com vocês, mas fico me olhando no espelho e não consigo definir exatamente qual meu tipo de silhueta, mas sempre acreditei que sou do tipo ampulheta, biotipo magra e baixinha.

Na dúvida sobre seu tipo de corpo chame a irmã, melhor amiga ou madrinha para dizer qual seu tipo de silhueta, porque a gente às vezes se cobra demais e não consegue se vê da maneira como realmente somos.

E principalmente mulher que dependendo do humor, e da TPM pode se sentir no mesmo dia com todos os tipos de silhueta acima. Não é?!

Então chama a amiga para desvendar essa dúvida existencial!!!!!!!

De qualquer forma analise muito seu corpo e as roupas que você gosta de usar. Claro que o vestido de noiva é algo único e que você nunca usou na vida, mas essa análise vai ajudá-la a entender o que você gosta mais e o que lhe favorece.

O mais importante é você considerar o conforto, seu estilo e respeitar seu estilo e seu corpo, usando essas dicas e a moda a seu favor. Você não precisa e não deve seguir um padrão noiva, pois os corpos são diferentes e o vestido de noiva ideal é aquele que cairá bem em você. O padrão é ser feliz com você mesma.

fotos reprodução

10 comentários

  1. Desta vez você se superou, Noiva de Evasê, a matéria está fantástica, para noivas ou não! Parabéns!!!!!!!

    1. Letícia vc está falando sobre o corpo do tipo ampulheta não é?!
      Bem esse é o corpo tipo perfeito e mais feminino. Vc imagine um oito e ombros/quadris com medidas praticamente iguais e cintura fina.
      A diferença máxima entre o quadril e os ombros seria de 3cm, não mais do que isso.
      Espero que tenha ajudado vc e volte sempre. Bjão 🙂

  2. Amei demais as dicas.
    É por isso que o Noiva de Evase é o lugar que eu sempre corro pra tirar as minhas dúvidas. ❤

Fechado para novos comentários.