Noiva ícone: Jacqueline Kennedy

Essas noivas tão marcantes, que chamo de ícones, tem uma presença, um estilo ou fazem parte – literalmente – da História, de uma forma que mudam uma época.

Essa é a visão que tenho de Jacqueline Kennedy Onassis.

Ela nasceu no Estado de Nova Iorque e se chamava Jacqueline Lee Bouvier. Era a filha mais velha de John Vernou Bouvier III, que era corretor de Wall Street e de Janet Norton Lee Bouvier  Auchincloss Morris (mas que nome gigante). Seus pais se separaram quando ela ainda era uma garotinha.

Jackie teve uma infância aristocrática e estudou em escolas renomadas. Graduou-se em literatura francesa pela Universidade George Washington e em 1951 conseguiu seu primeiro trabalho no jornal Washington Times-Herald.

Em março de 1952 ela acabou um relacionamento com John Husted e naquele mesmo ano, em maio, ela conheceu John F. Kennedy. Alguns meses depois de conhecê-la, Kennedy convidou-a para sair e então começaram o namoro que rapidamente evoluiu para o noivado.

Jackie e Kennedy casaram-se em 12 de setembro de 1953, em Newport (Rhode Island) e a cerimônia, na fazenda Hammersmith, contou com nada menos que duas mil pessoas.

O vestido foi desenhado por Anne Lowe e feito com 50 metros de tafetá de seda marfim, com uma enorme saia bufante, com aplicações e barra plissadas e o véu era da avó de Jackie.

O vestido atualmente está exposto na Biblioteca JFK em Boston e as fotos em preto e branco não retratam a beleza do vestido.

Em 20 de outubro de 1968, Jacqueline Kennedy casou-se pela segunda vez com o magnata grego Aristóteles Onassis, usando um vestido da alta costura verão 1968 de Valentino.

Tudo que a gente quer é sair por aí com um mega óculos fazendo a Jackie O.

Jackie O. não foi apenas uma noiva ícone, é uma mulher incrivelmente elegante, que por seu estilo é referência até hoje.

fotos: reprodução

Monique Lhuillier para noivas

Talvez você não esteja ligando o nome ao vestido (de noiva ou red carpet), mas sem dúvida alguma já  pirou amou um vestido da designer Monique Lhuillier, que consegue captar a essência do luxo com feminilidade, aliado ao glamour.

Ela cresceu nas Filipinas e as primeiras experiências com moda foram com sua mãe, que tinha um senso próprio do que é estilo pessoal e elegância, o que influenciou a carreira da designer.


fotos: reprodução

fotos: Just Jared

Impulsionada pela paixão por moda, Monique mudou-se para Los  Angeles para estudar no Fashion Institute for Design e Merchandising, quando descobriu sua inspiração para os vestidos de noiva. Em 1996 ela estreou sua primeira coleção de noivas e desde então é uma referência para noivas que curtem suas criações extravagantes e super glamourosas.

A coleção outono 2012 para noivas é simplesmente bárbara.

Olha que saia incrível desse vestido

fotos: John Aquino

Não consigo escolher qual é o vestido mais deslumbrante de todos!!!!

Se você amou os vestidos e acha que na nossa terrinha brasilis não temos Monique Lhuiller, enganou-se. Em São Paulo, é possível encontrar na White Hall  um espaço que apresenta coleções multimarcas de luxo para noivas e festas.

Luto

O blog não terá postagens até a segunda-feira. Ficará em luto pela perda da vozinha do meu amor.

 

João 5.24
Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.