Noivas de cabelo semi preso

Olá noivinha como estamos??!! E vocês leitorinhas lindas?! E os meninos tem alguém aí??!!

Sinto que escrevo para amigos, portanto se você chegou por aqui, curtiu, gostou, se identificou (com as minha leseiras  – sou bem mais doida na vida real), sinta-se um amigo(a) virtual e venha fazer parte desse espaço que só compartilha o amor e coisas legais.

Mas me conta… e o cabelo já decidiu?! Vai de coque, solto, trança, coque e trança ou nada disso, vai é de semi preso mesmo??!

Não tem razão pra tanta indecisão porque toda noiva é linda (veja bem a credibilidade de quem fala sobre indecisão, primeiro de abril já foi).

Porém, essa é a maior verdade: toda noiva é linda. E sabe por quê? Porque todas estão como querem estar, com o penteado, o vestido, os acessórios que ela escolheu, que acha bonito e que se sente segura.

Sei muito bem que às vezes a gente demora pra encontrar aquilo que consideramos perfeito, mas quando encontramos a gente simplesmente sabe que encontrou, pois dá aquela sensação imediata de que aquilo foi feito para nós.

Portanto, tenha calma que estou aqui compartilhando tudo que acredito que poderá ajudar na sua escolha.

E se você, noivinha, se sente melhor com o cabelo semi preso, use-o e seja feliz.

foto: Linda Chaja Photography
foto: Photography by Melanie Mauer
foto: Amanda Rae Photography
foto: Virgil Bunao Fine Art Weddings
foto: Emily Faulknor Photographers
foto: Emily Faulknor Photographers
foto: J & J Photography
foto: Ulysses Photography
foto: Adeline and Grace Photography
foto: Kristen Weave

Inspire-se.

E se quer curtir outras imagens, curte o NDE no facebook  !!!

Receitinha para chá de panela/lingerie

Noivinha você está procurando uma receitinha super básica e gostosa, na linha faça você mesma, para fazer no chá de panela/lingerie?

Então acabou de encontrar uma dica super fácil e prática.

Gosta de morango? E de cream cheese? E se juntar os dois?

Então vem com a Palmirinha minha amiguinha!!! (referências televisivas #eucurto)

Morango recheado com cream cheese.

Ingredientes:

Morangos e cream cheese.

Modo de fazer:

Pegue o morango e corte a ponta e a parte de cima reto, de modo que ele fique em pé:

Com um boleador para frutas ou legumes, retire o miolo do morango (na falta uma colher resolve):

Coloque o cream cheese num saco com bico de confeitar e recheie o morango:

Rápido, fácil, gostoso e bonito!!!

Coloque na geladeira até a hora de servir, pois morango e cream cheese são bastante perecíveis.

Se você não gosta desse agridoce (mas é uma delícia), uma sugestão bem minha (compulsiva comedora de brigadeiros): substitua o cream cheese por brigadeiro de colher num ponto mais firme.

Igualmente lindo e gostoso.

Atualização.

Se você quiser manter o vermelho + branco (e várias pessoas fazem chá com essa paleta de cores), mas não gosta do agridoce, faça um ganache de chocolate branco, que é o chocolate derretido mais creme de leite.

Atualização direto dos comentários. Vamos fofocar gente!!!

Lista de convidados – Parte I

Esse é o assunto mais difícil e delicado em relação a organização e planejamento do casamento e resolvi dividir em duas partes (para que eu sofra menos).

Essa primeira parte  será mais concentrada em dicas e sugestões para tornar mais prática a elaboração da lista, tentando abordar as situações possíveis de cada noivinha.

Na segunda parte, vamos partir do princípio que a lista já estará elaborada e as dicas serão de etiqueta, endereçamento, RSVP e o que mais surgir.

Na série de posts sobre planejamento, falamos sobre estilo e orçamento nesse post aqui e sobre o check list aqui. É importante retomar esses dois assuntos, porque eles serão uma direção a seguir para fechar uma lista de convidados.

A partir do momento que noivos ou noivos e pais decidirem o tipo de cerimônia/recepção e o orçamento disponível, o próximo passo é começar a quebrar a cabeça com a lista de convidados. Dois critérios pesam bastante: o orçamento e o grau de intimidade com os convidados.

Essa é uma das primeiras decisões e uma das mais importantes, pois o número de convidados reflete diretamente na contratação de vários serviços como, o espaço para recepção,  buffet, bebidas, doces, lembranças etc.

Comece a elaboração da lista por volta de 1 ano antes do casamento. E quando digo quebrar a cabeça, não é exagero meu. É difícil, super difícil, pois há um orçamento e mesmo que você tenha 1 milhão de amigos e queira a presença de todos, uma festa com um grande número de convidados é muito dispendiosa, então querida noivinha – infelizmente – cortes serão necessários.

 

 

Algumas dicas práticas para tornar essa tarefa menos complicada:

Defina o orçamento e o estilo da festa: um mini ou destination wedding; uma festa grande para um número bem maior de convidados (sem muitas restrições para cortes de convidados);  ou, uma festa intermediária. Tomada essa decisão é hora de colocar os nomes no papel na planilha.

Hoje em dia alguns casais bancam o próprio casamento e recepção e há outras situações em que os pais pagam boa parte de todas as despesas ou tudo. Isso será importante para estabelecer qual a margem de convidados poderão ser convidados pelos noivos e seus pais. Lembrando que, se os pais estão bancando a festa, é normal que queiram participar mais efetivamente de todo o planejamento e  influindo diretamente na escolha dos convidados.

Não esqueça que tudo isso é muito delicado e mesmo que os pais tenham pouca ou nenhuma participação financeira nos custos da festa, provavelmente eles querem convidar amigos antigos, que participaram da vida da família e desejam compartilhar esse momento de felicidade, então converse e abra seu coração para recepcionar a turma dos seus pais com amor, carinho e amizade.

Uma regrinha básica para facilitar essa divisão de convidados fica assim: 25% para os pais do noivo; 25% para os pais da noiva e 50% para os noivos. Essa é uma sugestão que você deve adequar a sua realidade!!!

O dever de casa é cada grupo (pais dos noivos e noivos) fazer listas prévias e bem abrangentes e depois reuni-las e então fazer os cortes de acordo com o orçamento e o estilo da festa.

E os critérios que cada casal e família vai utilizar para fazer esses cortes é super particular. Em regra, os conhecidos que ficaram pelos caminhos da vida e não convivem tanto com os noivos são fortes candidatos a serem retirados da lista. Aliás, se vocês não tem tanta convivência com alguém, não há tantos motivos para convidá-lo para uma festa que, sendo enorme ou mini, é uma celebração de amor e amizade, não faz sentido convidar só por convidar. Convide quem participa da sua vida e que você sabe que terá o prazer de ir a sua festa e vocês de recebê-los.

O mesmo é válido para parentes distantes, tios dos seus pais, primos que você mal conheça, colegas de trabalho que você convive apenas por razões profissionais, essas pessoas não precisam ser convidadas.

Mas veja bem, essas são dicas bem genéricas e cabe aos noivos e famílias ponderar a relevância do círculo social de cada família.

Estando com a lista definida, relacione os nomes por ordem alfabética e contabilize os nomes dos acompanhantes, com endereço e telefone para o momento do envio dos convites.

Noivinha (segura na minha mão e me abraça) acredite em mim: no final vai dar tudo certo!!!!!

 

 

 

Em breve a Parte II.