O que é e como organizar um Destination Wedding

Vocês estão sonhando com um destination wedding e estão perdidas? Lembrando que esse estilo de casamento envolve viajar e pode ser para cidades próximas com praia ou montanhas, como São Miguel do Gostoso; Pipa; Monte Alegre, em nosso Estado ou outros Estados, como Carneiros/PE; Trancoso/BA ou ainda destinos mais frios como no sul do País ou em outros países como Chile; Portugal, Espanha e etc. Mas vocês tem dúvidas sobre como organizar e quem pagará tudo?  Para ajudá-la a esclarecer sobre o que é e como planejar o destination wedding, convidei Marta e Kamilla da Sonhos Cerimonial e Eventos para fazer esse post e nos contar tudo.

Destination Wedding

O que é Destination Wedding? Muitos perguntam o que é, como é e como planejar e organizar.

O Destination Wedding é quando os noivos escolhem uma cidade diferente da sua para realizar o casamento. Geralmente o casal escolhe cidades praianas, históricas ou um destino que tenha marcado a história do casal. O Destination Wedding não é apenas uma festa de casamento, que acontece em um único dia ou em horas, é uma programação criada para fazer a festa de casamento durar por dias. São eventos que proporcionam experiências aos convidados, coquetéis de boas vindas, passeios locais, tour, jantar, dentre outros, buscando sempre apresentar a cultura local do destino escolhido, com comidas e bebidas típicas ou até mesmo a entrega de lembranças para que eles levem consigo a memória de dias inesquecíveis.

Planejamento e Assessoria

O planejamento é dobrado e é preciso começar organizar o casamento com no mínimo 1 ano de antecedência, pesquisando e conhecendo toda viabilidade e estrutura do local escolhido. Então uma assessoria especializada é de suma importância, pois muitas das vezes o casal só chega próximo ao evento e tudo durante o processo é resolvido virtualmente. Então a dica é pesquisar uma empresa de assessoria com referências, para dar todo suporte nas indicações e contratações de profissionais e serviços.

Investimento

Sobre os investimentos existem duas maneiras. A primeira opção são os noivos arcarem com os gastos gerais do casamento, isso inclui além dos custos da festa, o translado e hospedagem dos convidados, geralmente é formatado um pacote para atender a necessidade do grupo.

A segunda opção é a mais comum: são os convidados que pagam translado e hospedagem. Os noivos enviam um Save The Date antecipado e depois os convidados recebem o convite com a programação, sendo assim os convidados se programam para compra de passagem e hospedagem. Com esse planejamento é comum que os convidados se organizem e estejam presentes, muitos programam férias e folgas.

Sobre o investimento de um Destination Wedding não são valores extremamente altos, porém são eventos intimistas e cheios de detalhes com uma programação intensa. Então o planejamento financeiro é primordial. Outra característica é que a lista de convidados é reduzida e íntima, são convidados selecionados.

Optar por Destination Wedding é proporcionar experiências e vivências inesquecíveis para seus convidados, mantendo a personalização e estilo que o casal deseja de uma forma inesquecível.

Muitíssimo obrigada a Marta e Kamilla da Sonhos Cerimonial e Eventos que arrasaram nas dicas sobre a organização do Destination Wedding, que é um sonho de casamento, mas precisa de cuidados e um planejamento específico para que seja perfeito!!!

Guia Noiva de Evasê

Cerimonial: Sonhos Cerimonial e Eventos



A Sonhos Cerimonial e Eventos surgiu em 2010, da amizade entre Marta Dias e Kamilla Farias, com o intuito de tornar-se referência em cerimonial e assessoria. Desde então, a empresa vem se consolidando no mercado e destacando-se por seu profissionalismo, ética e responsabilidade.

Fotografia: Joventino Neto

Deixe seu comentário