Noivado | Willyane e Márcio

Hello Noiva de Evasê!!! Sempre me pergunto a razão dos noivos não celebrarem os noivados. Durante os preparativos do meu casamento, até pulei o chá de panela, mas dei o start com um jantar de noivado para familiares. E é tão lindo esse momento. É o florescer de uma nova fase de expectativa, alegria e frio na barriga. A noiva Willyane marcou o Noiva de Evasê no instagram dizendo que estava noiva e que havia organizado tudo com muitas inspirações que conferiu aqui no blog e a convidei para compartilhar o noivado DIY (faça você mesma) e inspirar outras noivas e casais a organizarem o próprio noivado. Além de uma celebração intimista e cheia de amor, o mais bonito está por trás desse momento e ela conta sobre a história de amor com o Márcio e sobre o noivado. Garanto que vale ler cada palavrinha. Confere.

História de Amor

Quando começamos a namorar, a sintonia era tanta que todo mundo perguntava a data do casório. E era engraçado porque nossa resposta era sempre uma só: “daqui a 10 anos”, “agosto de Deus” Kkkkk. Não queria me casar “de qualquer jeito” e não tinha nenhuma pressa. Sempre falei que só pensaria em casamento quando estivesse 100% pronta: um salário considerável; realizada profissionalmente e pronta para viajar 2 vezes por ano com meu marido. Márcio também não me parecia preocupado com isso e a gente respondia às perguntas com risada e descontração.
Até que um dia, no São João de Campina Grande em 2016, tivemos uma briguinha e, no hotel, Márcio falou algo que jamais vou esquecer. A gente estava lá discutindo por uma besteira, quando de repente ele parou e disse: “olha, desde o dia que te vi, tive certeza era você. Por mim, nós já estaríamos casados. A gente economizava aqui e ali, faria uma festa pra nossa família e estaria vivendo juntos. Mas sei que você quer passar no seu concurso, edificar sua vida primeiro e eu respeito seus sonhos e seu tempo.”
Meu Deus, pense num baque. Fiquei sem chão, sem saber o que dizer. Na mesma hora, a gente se abraçou, comecei a chorar e vi ali o quanto muitas vezes a gente impõe tantas condições pra ser feliz e não vê que a felicidade de verdade está na nossa frente.
Ali, naquela hora, decidi que não precisava esperar tanto, que podia construir a minha história ao lado da pessoa que amo e que escolhi para dividir a vida inteira. 

O Pedido

Depois desse dia, conversamos, decidimos casar em 2020, começamos as economias para a festa e o assunto ficou meio que adormecido. Em abril nós precisamos cancelar uma viagem porque eu comecei a Residência Judicial. Daí quando fui conversar com Márcio sobre o assunto, ele soltou a primeira pérola: “bom que já vou usar esse dinheiro pra outra coisa…”. Na semana seguinte: “amor, você pode ir lá pra casa qualquer dia da semana, menos na quarta porque vou estar ocupado”. E sempre com a carinha faceira de quem está aprontando.
Chegada a quarta-feira, ele manda uma mensagem a noite “eu te amo tanto! Queria poder te contar o que eu estou aprontando”. Por fim, ele não aguentou e mandou a foto do verso de uma nota fiscal da Vivara. Fiquei com o coração saindo pela boca. Pronto. No fim de semana, quando começamos a beber nós dois, foi tiro e queda, ele disparou: “Olhe, amor, preciso falar: comprei nossas alianças. Você é a pessoa com quem eu divido tudo na minha vida, eu tô tão feliz e não é justo não poder dividir com você só porque eu tenho que fazer surpresa”.
Achei a coisa mais linda da vida. Três semanas depois, as alianças chegaram e lá pra cá, ele tentou fazer umas surpresas que não deram certo e a gente estava tão louco organizando as coisas do nosso almoço de noivado que o pedido acabou sendo lá mesmo, na presença da nossa família e com a bênção das pessoas que torcem pela gente.
O que posso dizer pra vocês é que pra ser feliz não tem receita! Foi tudo tão lindo, do nosso jeitinho, repleto de amor e cuidado em todos os detalhes… Não faria nada diferente! Construímos uma história só nossa, tão gostosinha de contar que estou aqui dividindo com vocês! E se eu puder deixar um conselho, digo e repito: quando encontrar um amor de verdade, aquele testado a ferro e fogo nas dificuldades e alegrias da vida, não tenha medo de ser feliz. Não espere pelo cargo, pela festa, pelo dia que virá. Seja feliz hoje, diga que ama hoje, queira casar pra ontem! Tem gente que morre sem nunca ter sentido esse friozinho na barriga.. Então, só posso agradecer pela dádiva daquele bendito encontro em 01 de novembro de 2015! Que venha 2020!
Compradas as alianças, os noivos partiram para organizar e fazer um almoço de noivado DIY que ficou a cara deles e com uma lembrança única. Confere.

O Noivado

A festa foi toda feita pela gente. Decidimos oferecer um almoço apenas para nossa família e os padrinhos, algo bem intimista. Tendo um orçamento bastante apertado, abraçamos a causa do DIY e do Pinterest (amo) e fomos recolhendo potes de vidro para a decoração. O próprio local já é lindo, então não foi preciso fazer decoração suspensa, só centros de mesa e vidrinhos espalhados com muita juta, rendinhas, sisal, pérolas e laços. Como meu noivo é de Salvador/BA e sou de Monte Alegre/RN, nossas lembrancinhas foram potinhos de vidro customizados por mim, metade com pimenta em conserva feita pelos pais dele e metade com doce de caju feito por dona Alba, uma doceira muito famosa na minha cidade. Minha mãe fez os sucos, minha irmã, as entradas, e foi “A” fotógrafa! Todo mundo ajudou de algum modo e a festa ficou do jeitinho que a gente sonhou: simples, mas cheia de amor.

Muito obrigada a Willyane e ao Márcio por compartilharem o noivado e inspirar outros casais e espero vê-los outras vezes no Noiva de Evasê, até o grande dia em 2020!!!

Fornecedores
Bolo: Monica Rose | Doces: Norma Doces | Bem casados: Cinthia Goes | Buffet: Savourer Buffet | Local: Comeway Creperia | Decoração: Noiva | Tags de madeira: Aliexpress | Aluguel das peças: Deslumbre Festas | Topo de bolo: Decidi Casar | Plaquinhas: Glaucia Maria | Maquiagem: @maquiey | Cabelo: Salão Ebenezer Ponta Negra | Vestido: Clarim | Fotos: @willanyl

Deixe seu comentário