Diário de viagem | Zoo de Lujan

Geeente, mil perdões, mas com a correria e milhões de compromissos no final do ano, não consegui terminar o diário de viagem sobre Buenos Aires. Sei que muitos foram passar o réveillon por lá, mas como Buenos Aires sempre é um destino de lua de mel prometo que terminarei esse diário com dicas valiosíssimas.

Esse passeio é imperdível e fora de Buenos Aires. No Zoo de Lujan você tem contato físico com leões, tigres, elefantes e outros animais. Talvez você já tenha ouvido falar bastante sobre as polêmicas envolvendo o tipo de tratamento e sedação que supostamente são dadas aos animais. Não sei se é mito ou verdade. O foco do post não é tratar esse assunto, mas dar dicas se você deseja conhecer o local.

De cara afirmo que os animais parecem muito bem tratados e alimentados (e como!!!). Achei o leão sonolento demais, porém não sei se era pelo horário cedo, se era o tempo nublado e meio frio, por ser o Rei da Selva achei ele sim um pouco apático, mas era lindo e majestoso.

Luján é uma pequena cidade distante 68km de Buenos Aires e além do zoológico você pode visitar a Basílica de Luján. O Zoo está localizado às margens da rodovia acesso oeste, mais ou menos uma hora do centro de Buenos Aires. Funciona todos os dias do ano, a partir das 9:00h, e os ingressos custam 150 evitas (pesos argentinos), o que dá aproximadamente 50,00 dilminhas por pessoa.

Há várias formas chegar ao zoológico. É possível ir por conta própria de ônibus ou táxi, comprar o pacote de agência de turismo ou contratar o serviço de algum guia/transfer particular.

A forma mais barata é de ônibus pela linha 57 (Atlântida). A parada fica na Plaza Italia em Palermo (perto do zoo de Palermo), mas avise ao motorista que você quer parar no zoo porque eles costumam passar direto. A viagem dura em torno de 1 hora e meia.

Essa não foi a nossa escolha. Peguei a dica no blog My Fashion Lounge de uma agência de viagem de brasileiros e então fizemos esse passeio pela Aguiar Buenos Aires, com transfer de ida e volta, entradas do Zoo de Luján e também fomos à Basílica, que fica bem próximo. Recomendo muito o serviço, foram pontuais, gentis e o preço foi muito bom!!!

E eu achei o Zoo de Luján simplesmente fantástico. Estava mega ansiosa para conhecer, com medo de me decepcionar por tudo que se comenta. Mas amei demais e iria novamente. A sensação de entrar na jaula dos leões e tigres, dar mamadeira a um filhote de tigre 1 ano e 3 meses enoorme e ter contato com todos os outros animais, foi algo surreal.

O passeio dura o dia inteiro e lá há quiosques de lanches e parrilas. Tudo bem rústico, com um precinho um pouco mais caro, mas dá pra você comer algo legal, seja churrasco, hambúrguer ou empanadas.

Não repara minhas fotos toscas, mas observe toda a expressão corporal de pânico quando o tratador resolveu dar carne fresca ao tigre branco!!!

zoolujan (1)

zoolujan (2)

zoolujan (3)

zoolujan (4)

zoolujan (5)

zoolujan (6)

zoolujan (7)

DSC_0050

DSC_1216

DSC_8537

A Basílica de Lujan é um outro local belíssimo para conhecer. Tem uma histórica riquíssima e bem antiga sobre a devoção à Nossa Senhora de Lujan, que é a padroeira da Argentina.

Basilicalujan (1)

DSC03079

DSC00686

Basilicalujan (5)

A cidade é bem pitoresca e acredito que você também vai amar conhecê-la.

Até o próximo post do diário de viagem!!! 🙂