Grinalda

Noivinha você ainda não decidiu se usará véu ou mantilha e tem dúvida se substituirá por voilette, mas leu sobre tudo isso nesse post aqui e nesse outro aqui. Espero que tenha ajudado vocês.

Porém, como fica aquela expressão: – Vou casar de véu e grinalda!!!

E eu pergunto: você sabe o que é a grinalda?

É uma coroa ou tiara de pedrarias, pérolas, cristais Swarovski; e, se você for casar com um dos netos (só sobrou um e parece que tem dona, não é Ana Carolina??!!) da Rainha Elizabeth II, possivelmente usará uma grinalda vintage de diamantes, esmeraldas ou outra pedra preciosa desenhada pelo próprio Cartier.

kate middleton wears cartier halo tiara Kate Middleton Wears Cartier Halo Tiara

Linda!!!

Acredite: você ficará igualmente linda se usar uma grinalda de flores naturais.

Se você optar por uma grinalda, saiba que é uma peça importante no visual da noiva, que irá destacar e iluminar seu rosto e deverá ser escolhida em harmonia com todo o resto da produção, considerando o formato do rosto, horário do casamento, o comprimento do véu, altura do pescoço, o penteado e as jóias.

Recomenda-se que você faça essa escolha assistida pelo profissional que irá fazer o make e penteado e se possível, faça a prova de maquiagem e penteado com a peça.

Aliás, abro aqui um parágrafo parêntese para dizer que a prova de cabelo e maquiagem deve ser feita preferencialmente com as peças que você vai usar no “Dia D.”

Evite exageros ou peças desconfortáveis e experimente vários modelos até encontrar aquele que seja perfeito!!!

Então aqui vai umas sugestões para ajudar escolha da sua grinalda:

Tipos:

A grinalda poderá ter o formato de coroa (colocada no alto da cabeça) ou de tiara (como um arco acompanhando o movimento da cabeça e emoldurando o rosto).

Independentemente do modelo, a grinalda deverá combinar com o brinco ou com uma gargantilha, mas use com cuidado para não ficar um conjunto carregado de informação.

Horário do casamento:

Se o casamento  for de manhã até o final da tarde a grinalda deve ser mais leve e com pouco brilho, com pérolas por exemplo e nesse horário as grinaldas de flores ficam lindas e super adequadas.

foto: Whitney Furst for Laura Ivanova Photography

Se o casamento for à noite você pode abusar de brilho ou glamour se esse é o seu estilo, porque o horário permite uma peça mais elaborada e luxuosa.

Rosto da noiva

1. Alongado:

Evite a grinalda em estilo coroa e opte por aquelas em formato “V” na testa.

2. Quadrado:

As mais adequadas são as grinaldas em estilo coroa, no alto da cabeça, acompanhada de véu longo, jogado para trás.

3. Redondo:

Se esse é o formato do seu rosto, as grinaldas em formato de coroa e altas ficam melhores, bem como o arranjo de flores no alto da cabeça.

4. Triangular:

A grinalda no meio da cabeça é o tipo mais adequado para esse formato de rosto, combinando com o véu longo e caindo nas laterais da cabeça pode dar volume ao conjunto. Se você optar por grinalda no modelo de coroa, prefira as mais baixas e delicadas.

Veja a imagem dessas noivinhas e me diga se ela não estão SUPER REALIZADAS!!! 

foto: Archibald Photography
foto: Joann Arruda Photography

A felicidade é contagiante!!!

Inspire-se noivinha.

Voilette

Noivinha você já decidiu se usará véu ou mantilha? E já pensou em substituir o véu tradicional pelo voilette?

Voilette é uma palavra francesa que significa véu, mas nesse caso ele cobre apenas o rosto ou parte dele, podendo ser preso em um chapéu, um pente de fixar nos cabelos ou com uma flor de tecido ou plumas.

Não há regras fixas para o uso do voilette. Não é uma peça necessariamente mais formal do que informal ou mais apropriada para casamentos diurnos do que noturnos. O toque de sofisticação, romantismo ou despojamento vai depender de toda a sua produção de noiva

Então esqueça qualquer regra para usar esse pequeno véu. A noiva deve apenas querer e ter a atitude para usá-lo.

E lembre-se que ele é um véu e portanto irá substituir o véu tradicional ou a mantilha.

Esse acessório pode combinar com qualquer tipo de vestido e qualquer tipo de celebração. O cuidado que a noivinha deve ter é na composição de todo seu look.

Da mesma forma que sapato, buquê e demais acessórios, o véu também faz parte da produção de noiva.

Se o seu vestido é extremamente rendando, você pode usar o voilette e prendê-lo com um pente discreto. Caso o seu vestido seja mais simples e clean, pode caprichar no voilette preso com um flor de tecido e acrescentar um broche ou até mesmo plumas.

O que importa é você equilibrar as peças para formar um visual harmonioso, pois se você usar várias coisas chamativas ao mesmo tempo, o visual pode ficar poluído com excesso de informação.

Inspire-se nessas imagens e me diga se não é lindo!!!

foto: Cooper Carras
foto: Jill Thomas Photography
foto: Samm Blake
foto: Jen May Photography
foto: Jose Villa
foto: Cathy & David Photographers

O voilette é uma peça muito linda e não há noiva que não fique elegante e chique. É um diferencial, uma super atitude!!!

Lindo mesmo!!!

E você, noivinha, também gosta? Já decidiu o véu??

Véu ou mantilha?

Se tem um momento que a gente se sente mesmo noiva é quando colocamos o véu (quando fiz a prova de um vestido e colocaram o véu quase chorei).

Você já decidiu se no grande dia vai usar véu ou mantilha?! Mas, noivinha, você sabe a diferença entre véu e mantilha.

Consultei os universitários e descobri que o véu é um adorno em tecido leve, tipo tule, que cobre a cabeça e que pode ser curto ou longo. Porém, é preciso seguir algumas regrinhas básicas para utilizá-lo.

  • Primeiro é importante decidir o horário do casamento. Se for durante o dia ou à tarde, você deverá usar um véu curto, que pode terminar nos ombros ou descer até a cintura. É o tipo mais informal e mais adequado para cerimônias ao ar livre, como praia e campo.
foto: Toole Art Photography
foto: Three Nails Photography
  • Se o casamento for à noite e nesse caso a cerimônia é mais formal, opte pelo véu longo que acompanha o corpo inteiro, terminando no chão. Quando o casamento for numa pequena igreja ou capela evite os véus muito volumosos, mas se a cerimônia for numa catedral, você pode escolher um véu mais encorpado.

 

  • Outras dicas importantes: se a noivinha tem um rosto muito fino, pode utilizar um véu com mais volume e armado, caindo nas laterais do rosto. Se o rosto for mais cheinho ou redondo, o melhor é um véu fino, sem volume, apenas emoldurando o rosto.

O véu pode ser bem simples, sem qualquer detalhe, mas pode ter algum acabamento especial em cetim ou bordados com pérolas.  Nesse ponto é preciso ter cuidado para não ficar over, se o vestido já tem muitos detalhes é melhor escolher um véu simples e vice versa.

Noivas baixinhas (levanta a mão 0/) devem evitar cabelos soltos para não achatar a silhueta e em noivas muito altas o melhor é usar um coque baixo (como os das bailarinas) com o véu colocado abaixo.

foto: Le Bonne Fleur
foto: Kristin Byrum Photography

Sim já entendi o que é o véu, mas e a mantilha?

A mantilha tem a mesma função do véu, porém  é uma peça bem mais pesada e trabalhada que o véu, que é sempre leve e esvoaçante. Geralmente é uma peça de renda, mas também encontrada em tule com aplicações de renda. É um adorno artesanal e muitas vezes passada de geração à geração.

A mantilha é colocada  na cabeça e como é mais pesada, fica mais rente ao rosto e o corpo.

É preciso ter um cuidado redobrado ao usar a mantilha, pois por ser uma peça super suntuosa, o vestido deve ser mais simples, sem muito rebuscamento. Se a mantilha for de renda, deverá ser a mesma usada no vestido; ou, que o vestido não tenha detalhe em renda ou bordado.  O mais correto, nesse caso, é a noiva escolher primeiro a mantilha e depois o vestido

As mantilhas por serem peças antigas que passam de avó para mãe e filha, são difíceis de encontrar num tom totalmente branco. Por isso, o vestido da noiva deverá acompanhar a cor da mantilha, geralmente num off white.

foto: Katherine Nagel

E como é que fica a cabeça da gente com todas essas opções??!!

E ainda não acabou. Aguarde próximo post sobre grinalda e voilette.

E não sei o que vou usar. Help me!!!!