Tipos de véu

Hello Noivas de Evasê!!!

No post anterior falamos sobre tipos de silhueta para que você possa escolher o vestido de noiva ideal para seu corpo e estilo, também já falamos sobre as tendências de vestidos de noiva para 2017, mas as preocupações da noiva não param por aí e tudo vira um mar de dúvidas sobre os acessórios que irão compor o visual e a produção da noiva para o grande dia.

Sempre recebo muitos emails com dúvidas sobre o assunto véu e, mais especificamente, qual o tipo de véu que dever usar no casamento. Num desses emails, a noiva tinha muitas dúvidas sobre o horário do casamento, qual o véu, os detalhes e como deveria ser o cabelo, brincos etc. Minha resposta foi quase um post, mas salvei as dicas para compartilhar com vocês e aqui estou com tudo guardadinho  esclarecer dúvidas sobre o tipo de véu e tudo mais. E posso garanti: o momento de colocar o véu, é aquele instante que a ficha cai e você se sente A Noiva!!!

O véu

O véu sem dúvida alguma é um acessório que dá glamour e romantismo ao look da noiva.

A tradição de usá-lo começou na Grécia antiga, onde as noivas cobriam o rosto com a intenção de se proteger dos maus espíritos e do mau olhado. Reza a lenda que, naquela época, o costume era que outras mulheres vestidas de maneira parecida à noiva, acompanhassem-na até o altar, na tentativa de ludibriar os maus espíritos, que não saberiam encontrar a noiva no meio de todas elas. Alguns séculos depois, com o surgimento da religião cristã, o véu passou a ser usado para representar a castidade e a pureza de uma mulher.

O véu é um acessório que colabora de maneira bastante significativa para expressar o estilo da noiva. As noivas tradicionais e românticas, em geral, optam pelo véu catedral ou pela mantilha. Já as noivas despojadas escolhem véus curtos e as moderninhas e fashionistas tem optado pelo voilette, que pode ser acompanhado por fascinator ou casquete.

A missão que parece impossível é escolher um que se adeque ao vestido e combine também com o penteado da noiva. Portanto, o véu não dever ser um elemento solto na produção, mas deve acompanhar o vestido, ou seja, o véu deve combinar com o vestido de noiva e harmonizar com toda a produção. Cuidado com os detalhes que farão parte do véu, pois muitos podem ser bordados, com renda, pérolas e cristais. Lembre-se de equilibrar os detalhes com o vestido de noiva, brincos e véu, para que não haja um excesso de informação e poluição no seu visual.

Vale a máxima do menos é mais!!!

Vamos as dicas sobre os tipos de véu

Véu catedral

Geralmente em tule e com algumas aplicações de renda ou cristais. Cobre todo o comprimento da cauda do vestido. Ideal para ser usado por noivas com uma produção mais tradicional e romântica, também é o mais indicado para cerimônias noturnas que tradicionalmente tendem a ser mais clássicas e sofisticadas, mas nada impede que você como uma noiva com vestido mais clássico e atemporal, opte por um véu catedral.

Véu médio

O comprimento que pode chegar à altura da ponta do dedo da noiva, cotovelo ou até a cintura. Esse é um tipo de véu que combina perfeitamente para cerimônias ao ar livre, durante o dia, seja campo ou principalmente para casamentos na praia, local geralmente de muito vento.

Véu “ombro” ou curto

É aquele véu que vai até o ombro e deixa o visual mais leve e combina com vestidos tomara que caia e curtos. Detalhe que não tem acervo no blog com noivas com esse tipo de véu, ou seja, é bem difícil de encontrar.

8

Véu em camadas

Aquele que cobre o rosto da noiva. Pode ter duas, três, ou mais camadas. Também não foi usado por nenhum noiva com casamento postado no Noiva de Evasê.

15

Voilette

Véu curtinho que cobre o rosto (todo ou apenas uma parte). Ele pode ser preso em uma casquete ou fascinator, em uma presilha de cristais ou em uma flor de tecido.

Mantilha

A mantinha tradicional é um véu feito totalmente em renda, bordado ou não. Cuidado com as informações que tem por aí, pois a mantilha é uma peça inteira, completa de renda. Muito difícil de encontrar hoje em dia, pois a mantilha é um peça que, tradicionalmente, passa de vó, para mãe, até chegar em você. A mantilha tem origem hispânica e fica presa normalmente mais próxima ao rosto ou bem no alto da cabeça, já que mais pesada que o véu.

A mantilha mais usada hoje em dia é véu em tule com barra ou o acabamento em renda, pois se torna bem mais leve do que a mantilha tradicional.

O ideal é a mantilha com vestidos mais clássicos, lisos e que não tenham tantos detalhes, para proporcionar um equilíbrio no look da noiva. Se o vestido também for em renda, os detalhes de ambos têm que estar em harmonia combinando coma renda do vestido.

Mais algumas dicas que irão ajudá-la na hora da escolha do véu:

Tecido

Os tecidos mais usados são o tule ou a renda, com ou sem bordado.

Horário e local da cerimônia

A regra de etiqueta recomenda que o véu curto e médio seja utilizado em cerimônias durante o dia e o véu longo para as celebrações à noite. O véu longo também é o recomendado para ser usado em igrejas e catedrais mais suntuosas. Essa é uma regra de etiqueta, mas nenhuma regra é absoluta e você pode usar um véu longo numa cerimônia diurna, lembre-se da composição geral e harmonia da sua produção de noiva.

É importante que a noiva pense no véu como algo que combine como vestido e faça parte do visual e depois pensar no tamanho da igreja ou do local da cerimônia. Em igrejas grandes e suntuosas é bom escolher um véu imponente e longo, pois se o véu não passar muito da cauda do vestido dá a sensação que faltou pano. Para capelas, igrejas menores ou até cerimônias ao ar livre, é legal usar um véu longo que passe a cauda do vestido, mas que não seja longo demais e desproporcional ao corredor de passagem da noiva. O véu longo e de tule, sem dúvida é o mais escolhido pelas noivas.

O  importante é escolher o véu que faça você se sentir à vontade e maravilhosa, e que complemente o seu vestido, para tornar esse dia especial ainda mais inesquecível. E não esqueça de experimentar o véu antes do casamento e fazer a prova do vestido com ele.

As regras são muito importantes para guiá-la, não para escravizá-la.

O mais importante é a harmonia de toda a produção e que você se sinta deusa. Inclusive até dispensar o véu e ficar maravilhosa.

Inspirem-se e fiquem ligadas nas dicas e informações do Noiva de Evasê.

E você? Qual será seu véu???

Fotografias: 1 e 10: Wanderley Adams | 2 e 3: Estudio lumi | 4 e 5: Carlos Vieira Fotografia | 6 e 7: reprodução | 8 e 9: Kener Paulo | 11: Ricardo Cintra | 12 e 15: Luiza Marques Fotografia | 13: Alex Costa | 14:  Augusto César Fotografia | 16, 18 e 19: Camilla Bandeira | 17: Bliss.

Inspirações para voilette

Muitas noivinhas não pretendem usar o véu tradicional seja ele longo, médio, curto ou mantilha. Aqui no Noiva de Evasê tem uma série de posts sobre o tema véu, desde os vários tipos até como colocá-lo. Esse assunto é fonte de muitas dúvidas e uma das decisões mais importantes da produção da noiva, pois é um dos adornos e moldura do rosto, por isso há uma categoria especial chamada véus com todos os posts reunidos.

Tem um post super especial e sempre foi um dos mais lidos, o desmistificando o voilette (recomendo demais a leitura). Mas como inspiração nunca é demais e sei que vocês sempre estão atualizando a pastinha de inspirações, trouxe outras referências com esse veuzinho super charmoso.

Você pode usá-lo com um pente, broche, com um adorno maior como o fascinator. Na maioria das vezes a dupla fascinator e voilette é a mais usada. O fascinator é essa peça nas inspirações logo abaixo e pode ser um pequeno arranjo com tule, plumas, pedrarias, pérolas, vai depender do seu estilo.

voilette (1)

voilette (2)

Não tenha receio de usar o voilette com cabelo solto ou se você tem cabelo curto. Como sempre digo o voilette é um pequeno véu e você não precisa ter medo dele. Apenas deve ter o cuidado comum de todas as noivas, de fazer a prova do penteado, com make, cabelo e o voilette.

voilette1

Uma outra opção para combinar o voilette são os arranjos com flores de tecido.

voilette3

Você pode sofisticar a sua produção com voilette com brilho dourado ou com uma peça com pedrarias.

voilette2

Ou ser uma noiva ultra moderna e usar um voilette colorido com casquete vermelha ou com cabelo ultra curtinho. Acho charmosíssimo!!!

voilette

Se a sua produção vai ser mais simples e você deseja algo mais natural, flores podem ser aplicadas com o voilette.

voilette (3)

Várias produções, vários estilos e você pode usar o voilette sem medo. Ele é lindo e super charmoso e você deve apostar nele!!!

Portanto, inspire-se!!!

Como colocar o véu de noiva

Essa é uma das dúvidas que mais recebo sobre véus. As noivinhas passam meses para decidir sobre o tipo de penteado e depois que escolhem se o cabelo será solto, semi preso ou totalmente preso, como num coque, vem a grande dúvida: e o véu?! Estou aqui para esclarecer ou ajudá-la a resolver mais esse doce dilema da vida das noivinhas, mas não fique aflita, não é tão complicado quanto se imagina.

36

O primeiro passo de fato é decidir o estilo e a altura do seu penteado. Coques ou variações do cabelo preso podem ser baixos ou bem altos, como coques super donuts que estão em evidência ou num estilo bonequinha de luxo.

Se o seu penteado for preso e baixo, a melhor solução é colocar o véu por cima do penteado. Não esqueça que o véu é um adorno e também tem a função de emoldurar o rosto da noiva, se o seu penteado é baixo e o véu ficar por baixo, ele mal irá aparecer. Coloque por cima do penteado, numa altura média, e tenha certeza que ficará muito elegante. Essa também é uma boa opção para noivas com cabelo semi preso.

29

12

11

O penteado baixo, de altura média e o semi preso, possibilita que você coloque o véu no topo da cabeça, independentemente se o véu é longo, médio ou curto.

9

10

14

29

5

Caso o seu penteado seja alto, nem estilo coque rosquinha ou muito volumoso, existe a opção de colocar o véu por baixo do penteado.

anaejoao (14)

Fotos_0916

A Paulinha Tawil, do Blog da Paulinha, que foi uma noiva absolutamente princesa, optou por um penteado alto e com volume e colocou o véu por baixo do coque.

marco_costa_pp-67-e1370894090370

E você perguntará qual o jeito certo de colocar a véu. A resposta: depende do seu estilo e gosto. Véu no topo da cabeça dá um ar com mais glamour ou romantismo. O véu de altura média ou mesmo baixo, transmite delicadeza ou sofisticação.

Tudo vai depender do conjunto e da forma como você se sentirá mais confortável para carregar o véu.

Então a dica mais importante é: faça o teste com véu no dia em que for fazer a prova do penteado e leve o véu para a última prova do vestido de noiva.

Quando você visualizar toda a sua produção, com penteado, vestido e acessórios, terá a segurança para decidir de uma vez por todas. As noivas costumam mudar de ideia váaarias vezes e isso é normal, por isso que as provas antes do casamento são tão importantes.

Salva esse post nos favoritos e inspire-se.

Imagens: Fotos 1 e 2: Wellington Barbosa | Fotos 3 e 4: Nise Ana | Fotos 5 e 6: Ricardo Cintra | Foto 7: Débora Pitanguy | Foto 8: Alex Silva | Foto 9: Nise Ana | Foto 10: Wanderley Adams | Foto 11: Alex Costa | Foto 12: Blog da Paulinha.