Lista de Presentes – Parte I

Olha amei essa experiência de posts em parte I, II, III. Parece que sou Spielberg fazendo trilogias de sucesso. Mas é uma maneira legal de não cansar a beleza de vocês em frente ao computador e dar vazão a minha mania de escrever demais!!!

Mas e aí, noivinha, está correndo muito??!!

Não tô falando de correr na esteira da acadjimia, nem na rua para sua próxima corrida de 5Km, não (ainda não voltei a correr #nãomejulguem).

Tô falando de correr com os preparativos, com essa vida doida que passa voando.

E nessa correria pergunto: já preparou sua lista de presentes?! Sim ou claro que não??!!

Se eu estivesse aí com vocês, nós iríamos começar logo a fazer essa lista e tomar uns bons drinks já que hoje é sexta-feira (13)!!!

Porém, vamos combinar assim:  faço a lista, vocês imprimem e depois todo mundo vai bebemorar que amanhã é sábado (e eu vou passar o dia na pós).

Mas falando sério, a lista dá um trabalhinho (uhuu novidade), então por isso resolvi dividir o assunto. Nesse post vou falar sobre generalidades da lista e nos próximos a relação dos itens. Vamos começar?

 

ELABORE UMA PRÉ-LISTA

A lista é uma coisa ótima de fazer. Momentinho bacana pra você promover aquela integração social e chamar sua mãe, a futura sogrinha, talvez a cunhada que já casou e amigas já casadas pra fazer aquele oba oba de um monte de mulher fofocando e dando pitaco. Cada uma vai dizendo o que é importante, como foi a experiência e você vai anotando o que achar relevante sobre itens que não podem faltar, entrega dos presentes, indicação de lojas e/ou sites, como trocar etc e tal.

É bem mais relax que fazer lista de convidados, então dá pra fazer desse momento uma descontração.

A parte séria é que você vai precisar de um guia básico para se orientar (como aquele do enxoval, clica aqui) e vai introduzindo um item ou outro de acordo com a sua necessidade.

Só vá até a(s) loja(s) depois que você já tiver a sua lista. Chegando lá é possível acrescentar algo mais e várias lojas já disponibilizam uma lista básica da própria loja e uma vendedora para auxiliar as noivas sem qualquer custo.

 

REGRAS DE ETIQUETA

você pode pensar assim: será que é chato ou deselegante indicar uma lista de presentes para casamento?!

Acredito que não dá nem pra cogitar como um ato deselegante. É prático pra você, que poderá ganhar várias coisas para montar a sua casa, e super útil para os convidados que querem agradar e presentear os noivos e por não ter uma indicação ficam perdidos.

Lembrando que você vai elaborar uma lista de presentes que na verdade será uma sugestão para os convidados.

Existe a opção de colocar um cartãozinho dentro do convite, com a indicação das lojas para encontrar a lista de sugestões de presentes.

Aviso que em certos manuais de etiqueta, existe a regra de NUNCA fazer isso, mas NUNCA fui num casamento pra não receber esse cartãozinho. Mas como meu dever aqui é informar, esclareço que existe essa regra e você devidamente informada deverá escolher como proceder.

Caso você não goste dessa opção (que é super prática), informe sua mãe, sogra, irmã, cunhada ou até mesmo o cerimonial, onde estará a lista e com certeza os convidados buscarão essa informação.

Não inclua na sua lista eletrodomésticos caros como geladeira, freezer, máquina de lavar roupas, fogão etc. Isso sim é deselegante.

ONDE DEIXAR A LISTA

Com a sua pré-lista elaborada é hora de bater perna e pesquisar qual o melhor local para colocá-la.

É bom que você deixe em até 3 lojas. Uma maior na qual seja possível concentrar a maior quantidade de itens, uma outra para itens de decoração ou produtos mais personalizados e sofisticados e uma outra loja de cama, mesa e banho.

Assim suas opções ficam variadas, mas concentradas em poucos locais, o que facilitará sua vida se precisar trocar algum presente.

Antes de fechar com a loja esclareça pontos importantes como:

  1. a loja faz a entrega na casa dos noivos;
  2. é possível trocar presentes;
  3. existe prazo para a troca;
  4. como deve estar o presente para a troca: com etiqueta ou embalagem da loja;
  5. você pode trocar um item por qualquer outro.

Esses são pontos básicos. Qualquer outra dúvida, não deixe de esclarecer.

TROCAS

Esse é o momento de você ser esperta e ter jogo de cintura. Se for possível fazer a troca e de repente você não ganhou algo que estava na lista que queria muito (talvez por ser muito caro, como um faqueiro de prata), troque dois presente ou mais (que você já tenha ou repetidos), naquele produto que você queria muito.

Lembrando que você vai fazer essas trocas no prazo dado pela loja, mas estará bem mais relaxada e feliz depois do casamento e lua de mel.

Por hoje é só e fiquem ligadas para a continuação desse saga.

Destination Wedding no Nannai Beach Resort

Noivinhas a cada dia que passa tenho mais certeza de que se fosse começar o planejamento do meu casamento do zero, o Destination Wedding seria a opção number 1!!! 

Esse modo de celebrar o casamento une festa e viagem, duas coisas que amo. Sem contar que é possível somar a dica do mini wedding e fazer tudo ainda mais caprichado e personalizado.

Fico pensando com os meus botões porque não pensei nisso antes!!!! E com o paraíso logo ali ao lado!!!

Papo seríssimo: você pode realizar 3 sonhos de uma vez só: casamento na praia + pôr do sol + viagem + lua de mel!!! Quer dizer, é tudo tão bom que desaprendi a contar são: QUATRO sonhos!!!

Que tal um casamento praiano no Nannai Beach Resort??!!

O Nannai é um paraíso brasileiro a apenas 54 Km do Recife a 9 Km de Porto de Galinhas, em uma área de 12 hectares na paradisíaca praia de Muro Alto, litoral sul de Pernambuco.

Sabe um mar cor de esmeralda, com água morninha, areia branca, serviço de primeira e mordomias pra você, seu noivo e seus convidados se sentirem no céu?!!?!

<Terra chamando noivinha sonhando acordada>

Um vôo separa você do Destination Wedding que estava procurando.

Toda a cerimônia é organizada pelos noivos e o hotel cuida da organização do espaço, decoração e buffet.

O casamento é realizado ao cair do sol, com uma visão privilegiada de frente para o mar, num charmoso lounge e com um clima especial de luau. Um toldo de apoio é montado para acomodar as mesas para os convidados, músicos e dancing.

A noivinha fica totalmente livre para escolher as flores, as cores da decoração, o cardápio e durante os meses de preparação para – O Grande Dia – pode participar de reuniões para discutir todos os detalhes.

Noivos e convidados devem se hospedar no Resort para relaxar e curtir welcome drink e vários mimos oferecidos pelo Nannai.

Se você pensou que destination wedding era apenas para viagens internacionais, enganou-se completamente.

E casar num paraíso desses é mais fácil do que estávamos imaginando.

Noivinha para se informar melhor sobre tudo que o Nannai Beach Resort oferece para realizar o casamento dos seus sonhos, entre em contato pelo telefone 81 3552 0100 ou mais fácil ainda, mande email para: reservas@nannai.com.br

Amei muito!!!

 

fotos: reprodução

Lista de Convidados – Parte II

Esse é um assunto que rende muitas dúvidas e dificuldades.

Talvez a sua dúvida seja a minha e talvez a minha dica ajude você. Como a missão do blog é compartilhar e promessa é dívida, essa é a  parte II da série sobre Lista de Convidados.

No primeiro post foram dadas dicas e sugestões de como elaborar uma lista. Não deixe para fazer isso em cima do casamento. É importante respeitar o check list e começar 1 ano antes, porque a lista e todas aquelas fases de conversa e negociação leva em média 3 meses para ser concluída.

Elaborada a lista por ordem alfabética e já feita aquela disposição de 25% do número de convidados para pais do noivo, 25% para os pais da noiva e 50% para os noivos (essa é apenas uma sugestão), é importante alimentar a lista com os nomes, endereços e os respectivos acompanhantes que também integram a lista de convidados.

Por exemplo:

Situação 1

Vocês convidarão um amigo e ele tem uma namorada. Faça a lista com o nome dele e ao lado adicione 1 acompanhante. O que totaliza 2 convidados.

Situação 2

Seus pais convidarão uma família de amigos (pais e 2 filhos). Faça a lista com o nome do cabeça da família, geralmente o pai. Adicione ao lado 3 acompanhantes (esposa + 2 filhos). Totalizando 4 convidados.

Essa lista hipotética com a situação 1 e 2, totaliza 6 convidados e 2 convites.

Veja como é importante você começar esse trabalho cedo, pois essa contagem será fundamental na hora de contratar o fornecedor e o número de convites e a elaboração do endereçamento.

Um outro ponto essencial diz respeito aos convidados que irão para a cerimônia religiosa e aqueles que além da celebração, também estão convidados para a festa.

Claro que o ideal é que todos os convidados possam comparecer tanto a cerimônia na igreja como na festa, mas no mundo real – infelizmente – existe o tal do orçamento e os cortes. Nesse ponto é que entra o famoso, famigerado, deselegante, necessário e popularmente conhecido  “vale-empada”.

No exemplo acima da situação 2, suponhamos que seus pais queiram convidar toda aquela família, mas apenas 1 dos filhos foi contabilizado como convidado. Nesse caso, dentro do convite haverá apenas 3 senhas individuais (o nome correto do cartãozinho).

É chato delimitar número de convidados com senhas individuais? É, vamos reconhecer isso e não vamos negar. Porém, essa é uma realidade a que todo mundo já está habituado. Afinal, ninguém aqui é filho de Eike Batista se cuida Thor !!!

No exemplo da situação 1 nem precisaria incluir as senhas individuais, pois o amigo e a acompanhante são convidados tanto da cerimônia como da festa, mas por questão de praticidade e uniformização dos convites, é melhor incluir as senhas.

E eis que temos um outro ponto importante: o R.S.V.P (respondez s’il vous plait) – responda, por favor – que é a confirmação para a recepção, que vem com um número de telefone e o nome do responsável que receberá as ligações. Muitos cerimoniais trabalham hoje em dia com a confirmação através do próprio site do cerimonial.

Se no seu casamento todos os convidados da cerimônia religiosa, também comparecerão à festa, inclua o R.S.V.P no próprio convite, se você vai utilizar as senhas individuais, o R.S.V.P deverá constar no verso do cartãozinho referente à recepção.

No Brasil o R.S.V.P é mais respeitado em algumas cidades, outras não. Para isso existe o R.S.V.P ativo, quando o cerimonial liga para o convidado e pede a confirmação para a festa.

O R.S.V.P é importantíssimo porque dele depende os ajustes finais para bebidas, buffet etc. É o momento que se contabiliza de fato quantos convidados comparecerão ao evento e deve ser feito até 7 dias antes da festa.

Noivinhas esse post ficou gigante de enorme, não foi?! Não sei nem se você teve paciência para ler até aqui.

Se você foi destemida até esse ponto, decidir que vou tratar sobre as formas de endereçamento dos convites num post específico, não quero cansar a beleza de vocês em frente ao computador.

Então não me abandone e volte para ler um próximo post sobre esse assunto.

E no final tudo será uma festa.