Proibição dos cadeados na Pont de Arts

Dez entre dez casais de apaixonados, sejam noivos, recém casados, namorados ou pura e simplesmente pessoas que se amam, sonham em curtir uma viagem a dois à cidade mais romântica de todas: Parí, meu bem! E uma tradição que surgiu relativamente há pouco tempo, rapidamente se tornou mítica e sinônimo de amor eterno entre os casais, é a fixação do cadeado dos enamorados na Pont de Arts. Se você não colocou o seu (Eu!), talvez não tenha essa chance, pois os cadeados podem ser retirados em breve.

E a gente se pergunta qual a razão de acabar com o nosso romantismo!!!???

5

Há quem diga que não é nada romântico escolher um cadeado para simbolizar o amor entre duas pessoas. Que cadeado representa uma prisão e o que prende o amor é a liberdade. Principalmente se você considerar que a tradição manda você fixar o cadeado na ponte e jogar a chave no rio, ou seja, presos para sempre.

Eu não acho que representa nada disso. Na minha visão é algo romântico sim!!! É fofo você deixar um pedacinho desse amor, que a gente sonha e se dedica para que seja para sempre, numa das cidades que simboliza o amor.

Porém, contudo, todavia, há quem ache feio, que polui o visual, que danifica a estrutura da ponte e ameaça a segurança dos pedestres.

Essa é a imagem que ilustra a capa da fanpage que solicita que os cadeados sejam retirados na Pont de Arts.

cadeados pont de arts

Vamos combinar que não está bonito, não é verdade!?!?

Eu concordo que os cadeados sejam retirados!!!

– Como assim, Lyanna, está louca? – Você não quer colocar o seu lá?!

Quero, mas acredito que uma solução que agradaria a todos, aos apaixonados e aos ranzinzas, seria construir uma estrutura com a mesma visão e próxima à Pont de Arts, forte e segura o suficiente para suportar o peso dos cadeados dos amantes do mundo inteiro.

O que não acho legal é simplesmente proibir, sem dar uma opção aos turistas e Paris é uma cidade que respira o amor e o turismo.

Os americanos já teriam dado um jeito nessa discussão e colocado bancas para vender todos os tipos de cadeados imagináveis e quaisquer bugiganga turística com figuras da ponte e de corações. Mas o charme do francês é que ele não faz muita questão de agradá-lo, nem que você invada a cidade dele, né?!

1

2

3

4

Polêmica à vista e se você quer saber mais sobre a campanha No Love Locks, leia essa matéria no The Guardian.

Se eles retirarem os cadeados a gente se “conforma“ com a Torre Eiffel, né?!

6

Diário de viagem | Colonia Del Sacramento

Um paraíso romântico chamado Colonia Del Sacramento, no Uruguay. Perfeito para uma viagem a dois e para sua lua de mel. Mais do que recomendado, testado e aprovado. Fiz um bate volta a partir de Buenos Aires e vou contar como foi.

Primeiramente como combinar essa viagem. Você pode fazê-la a partir Montevidéu, saindo de ônibus da capital do Uruguay com destino a Colonia, que pode ser passagem para prosseguir a viagem em direção a Buenos Aires. Se você está em Montevidéu e não vai esticar a viagem até a Argentina, dizem que fica muito cansativo um bate volta até Colônia, no caso seria melhor ficar de um dia para o outro.

Minha viagem foi para Buenos Aires, então nosso bate e volta foi de navio, o BuqueBus.

O BuqueBus é a maior empresa de transporte fluvial e mais tradicional, opera barcos lentos, rápidos, transporta carros e tem freeshop (CARO, guarde seu dinheiro para Ezeiza). Pareceu mais confiável e então optei por viajar por ela. Fiz a compra pela internet, escolhi o barco rápido e passar o dia, ou seja, passagem de ida e volta para o mesmo dia. Descreveria o site do BuqueBus como chatinho e não compensou tanto fazer a compra pela internet. Saiu mais caro porque é uma compra internacional, feita por cartão de crédito, em dólar e com IOF. A maneira mais econômica seria comprar o passeio em Buenos Aires. A Aguiar Buenos Aires que indiquei aqui no post sobre Lujan e a Anuva Wines faz esse passeio e acredito que deve ser tão bacana quanto os outros serviços que contratei com eles.

Colonia é mais próxima de Buenos Aires do que de Montevidéu, por isso o bate e volta é mais recomendado a partir da capital porteña. O embarque é feito no Puerto Madero e chegue com pelo menos 1h de antecedência, porque todo o trâmite internacional será feito, afinal você sairá de um país e irá para um outro.

Então, vamos pra Colonia Del Sacramento, mas o que fazer por lá?! Não há um roteiro definido e você pode alugar um carrinho de golf para se descolar pela cidade (60 doletas) ou contratar o hop on hop of (50 doletas para 2 pessoas). Você contrata logo que chega ao porto pois há quiosques no local. De fato o que interessa em Colonia é a parte histórica da cidade. Faça seu passeio partindo da Plaza Mayor e caminhe pelas ruas de pedra. Vá de tênis ou sapatilha, sem chance para salto.

Próximo a Plaza Mayor há um centro de informações turísticas e banheiro públicos bem cuidados. Nas imediações você encontrará o Portón de Campo, porta de entrada da antiga cidade, construído entre 1968 e 1971 e que conserva partes da antiga muralha.

É possível subir no Farol por 12 pesos uruguaios. Aliás, sobre qual moeda levar para Colonia, eles aceitam pesos argentinos, uruguaios, dólar e também real. O almoço que fizemos por lá, pagamos em reais.

Há pequenos museus no centro histórico, a maioria nas proximidades da Plaza Mayor. O Museo Portugués exibe réplicas de móveis e uniformes utilizados pelos portugueses. O Museo Municipal tem acervo com objetos, artefatos e documentos de diferentes períodos da colônia. O Museo do del Azulejo mostra vários tipos de azulejos de países como Portugal, Espanha e França. E o Museo Naval conta a história dos conflitos marítimos da região.

Na parte mais nova com ruas mais largas, passando pela Avenida General Flores, você encontrará o Muelle 1866, de onde é possível ver toda a orla de Colonia e pela Basílica del Santissimo Sacramento.

Saída do  BuqueBus navegando pelo Rio La Plata
Saída do BuqueBus navegando pelo Rio La Plata
Na linda e bucólica Colonia Del Sacramento
Na linda e bucólica Colonia Del Sacramento

ColoniaDelSacramento (3)

ColoniaDelSacramento (4)

Ruínas da Plaza del Toros
Ruínas da Plaza del Toros
O marido caminhando pelas históricas ruas de pedra de Colonia
O marido caminhando pelas históricas ruas de pedra de Colonia
O Farol
O Farol
Entrada do Farol
Entrada do Farol
Vista do  Farol
Vista do Farol
Andando pela Calle DLos  Suspiros
Andando pela Calle DLos Suspiros

Uma dica fantástica de restaurante e a melhor parte do nosso dia em Colonia del Sacramento foi o MedioYMedio, espumante uruguaio, que acompanhou nossa picada de queijos em El Buen Suspiro, uma espécie de bistrô localizado na Calle DLos Suspiros.

Como nós amamos toda a rusticidade daquele lugar, que parece escondido na cidade e perdido no tempo. Local maravilhoso e super agradável para você almoçar, jantar ou beliscar, que foi o nosso caso. Pagamos a conta em Reais, não fizemos reserva e queremos muito voltar a Colonia e ao Buen Suspiro.

Buenos Aires e Colonia Del Sacramento nov 201312

buensuspiro

Um brinde a Colonia Del Sacramento e a Buenos Aires.

Último post do diário de viagem sobre essa viagem romântica Buenos Aires e Colonia.

Se você quiser saber um pouco mais sobre a moeda na Argentina e sobre como proceder para comprar pesos e trocar o Dolar Blue, e como esse blog não é de turismo, indico esse post no Meus Roteiros de Viagem que me ajudou bastante e fiz exatamente o que está escrito nele.

Diário de Viagem | Degustação de vinhos na Anuva Wines

Diário de viagem quase chegando ao fim. Mas garanto que valeu a espera pelas dicas do post de hoje, pois nada mais romântico do que vinhos e poder degustá-los ao lado do seu maridinho na lua de mel, do seu namorado, noivo, ou seja, brindar o amor com o seu amor.

Esse é um programão que deve fazer parte do roteiro em Buenos Aires para todos os apreciadores de vinhos. Eu e meu marido queríamos muito ir a Mendoza fazer degustações in loco, porque nós curtimos muito vinhos, mas nessa viagem optamos por ficar apenas em Buenos Aires e então comecei a pesquisar por degustações de vinho na cidade, até que encontrei a Anuva Wines e fiquei encantada.

A proposta é fazer a degustação de vinhos harmonizados com entradas. Mas a prática superou qualquer expectativa.

As degustações são feitas em inglês e espanhol. No site na Anuva Wines você pode fazer a reserva de modo rápido e ágil, depois escolher o dia, horário e a língua em que será feita a degustação.

Nós fizemos todo esse processo de reserva através da Aguiar Buenos Aires (a mesma que fizemos o Zoo de Lujan) e foi tudo muitíssimo perfeito.

A Anuva Wines fica na região de Palermo Soho e antes da degustação o ideal é bater perna pelo bairro. Na hora marcada fomos para lá e fomos super bem recebidos.

anuvawines (1)

DSC03228

DSC03230-002

Todos os vinhos são de excelência e da região de Mendoza. O serviço começa com um espumante, na sequência vinho branco e tintos. Todos os vinhos são harmonizados com um menu degustação que combina perfeitamente com as características de cada vinho. Não vou esquecer jamais que naquela tarde quente de verão porteño degustei o vinho branco torrentes com sorvete. Inusitado e esplendoroso!!!

A tarde fluiu de maneira super agradável. A degustação rola de uma forma muito descontraída e as pessoas que conduzem dão uma aula sobre os vinhos, a região, as uvas e vinícolas. Se você quiser, pode fazer anotações das suas sensações sobre cada vinho durante a degustação. A interação à mesa também é excelente, como tudo ao redor do vinho costuma ser.

O serviço é bastante exclusivo e são recebidas poucas pessoas por degustação, mas o custo-benefício é recompensador.

anuvawines (4)

DSC03239

anuvawines (3)

Ao final você pode escolher o vinho que mais gostou para repetir e todos os vinhos estão disponíveis para compra.

Buenos Aires e Colonia Del Sacramento nov 20136

anuvawines (2)

Fizemos a degustação em espanhol com algumas palavrinhas de portunhol. Um barato!!!

Sem dúvida um passeio maravilhoso para fazer sozinho, com turma de amigos ou de casal, todos são bem recebidos e o bate papo é ótimo.

Saímos de lá com 3 garrafas de vinho e muita vontade de repetir a experiência 😉

Serviço: Anuva Wines | Reserva em novembro de 2013: Aguiar Buenos Aires