Paris Fashion Week | Zuhair Murad

Na semana de alta costura em Paris, com todos aqueles vestidos mega exclusivos de estilistas renomadíssimos, a gente sempre se pergunta porque não tirou na mega sena da virada. Mas sabe aquela máxima de que olhar não custa nada? Além disso informação e atualização com tudo o que está acontecendo sempre é importante. Então, não tem como deixar passar um desfile de Zuhair Murad na Paris Fashion Week e desejamos ansiosamente conferir esses vestidos em mulheres reais ou quase nos próximos tapetes vermelhos.

E sempre podemos nos inspirar e conferir o que mais cedo ou mais tarde será traduzido para a vida real. Talvez os termos “alta costura” e “vida real” não combinem na mesma frase. Mas o que importa é conferir esse deslumbramento de vestidos.

Sobre a coleção o estilista Zuhair Murad disse: “Tenho muito respeito pelas culturas nativas. Sem eles, não estaríeamos aqui. Eles nos deixaram um patrimônio ilimitado de arte e beleza “. Com essa frase fica mais do que clara a inspiração étnica da coleção de primavera da alta costura do libanês. O designer buscou referências nas culturas dos nativos americanos e das primeiras nações.

O simbolismo e o vocabulário visual das culturas nativas americanas, os Sioux, os Navajos e os Iroquois em particular, estão impressos nos modelos através de pictogramas geométricos e suas formas hiper femininas, franjas e uma paleta de vermelho, branco, ouro e preto.

Você vai desejar esse mistura de luxo com arte étnica, plumas, penas e brilho. Vem ver.

 

Como finalizamos um desfile desses? Com uma noiva luxuosa, indígena e étnica. Vem ver.

Vem mega sena da virada!!!

Paris Fashion Week | Elie Saab

O que dizer de um dia que começa com desfile do muso e estilista libanês Elie Saab? Um dia perfeito, não é mesmo? Essa semana está acontecendo a semana de alta costura de Paris (Paris Fashion Week) e hoje tivemos desfile do designer dos brilhos, luxo e feminilidade Elie Saab e os modelos foram tudo aquilo que a gente espera do estilista: muito brilho e vestidos que são joias.

E já que sonhar não custa nada e referências e inspirações para vestidos de madrinhas, convidadas e mães de noivos nunca é demais. Vamos conferir os destaques do desfile.

A trilha sonora do desfile remetia a um clima de anos 20, depois anos 50, uma coisa meio jazz, meio art deco e o que vimos foi muita plumas, mas muuuuito mesmo; cinturas marcadas pelos indefectíveis cintos finos e uns laçarotes bem exagerados, que provavelmente fazem parte do styling do desfile.

As cores trabalhadas vão do champanhe, passando pelo rosa seco, um tom meio pêssego, azul, vermelho e preto e ainda uma mistura de preto, branco e dourado.

Além de muitas plumas, também temos muitos modelos mulets que são esses vestidos assimétricos, curto na frente e com essa “cauda” na parte de trás.

Detalhe para os acessórios como clutchs com plumas e outras mais estruturadas e os sapatos com plástico transparência.

O desfile não poderia encerrar sem uma noiva resplandecente como as borbulhas do champanhe e eu desconfio que nem uma mega sena da virada pagaria esse vestido de noiva, mas não custa nada ver e sonhar. Confere.

E para finalizar tem vídeo para conferir tudo em movimento e com a trilha sonora para sentir o clima, proposta e inspirações da coleção de Elie Saab.

A coleção inverno do estilista Marcelo Quadros

Hello Noivas de Evasê, madrinhas e convidadas. Se você estava procurando referência e inspiração para seu vestido de madrinha ou para a próxima festa, vai cair de amores pela nova coleção do estilista Marcelo Quadros. Famoso pelas suas criações desejadas por mulheres que esbanjam charme e atitude de todo país, Marcelo Quadros apresenta o Inverno 17 de sua linha Prêt à Porter.

A coleção é lindíssima e traz o que o estilista sabe fazer de melhor – alfaiataria com corte impecável e vestidos de caimento perfeito. Tecidos como crepe, chiffon, georgette, tule e jersey dão vida a peças que garantem elegância e feminilidade em qualquer ocasião.


Pensada em uma mulher sofisticada e contemporânea, a coleção traz fendas, drapeados e babados em modelagens que destacam a silhueta feminina – sem exagero – vistas em forma de vestidos, macacões, macaquinhos, shorts, tops e coletes. Cada modelo mais lindo do que o outro.

Para valorizar ainda mais a silhueta feminina, a cintura é bem marcada com cintos grossos, o decote valoriza o colo e as pregas profundas e os recortes estratégicos proporcionam sensualidade e conforto. A cartela de cores tem tons vibrantes como cereja, fúcsia e laranja até neutros como verde petróleo, marinho, preto e off white.

As novidades já podem ser encontradas no atelier do estilista em São Paulo e também nas principais multimarcas do país.
E se você, assim como eu, cansou de renda, essa coleção é seu número!!!! Qual o mais bonito?