Casamentos ao ar livre | Vestidos para Noivas e Madrinhas

Estatisticamente temos a comprovação de que casar ao ar livre é mais do que sonho, é realidade, desejo e necessidade. Os casamentos ao ar livre são lindos, cheios de luz e cores, mas como dito por especialistas nesse post (clica e confere), os noivos e convidados devem seguir uma série de cuidados e ficarem ligados em vários detalhes. Mas quando chega no quesito “com que roupa eu vou”, tudo parece ainda mais complicado.
Parecia, porque a estilista Carol Hungria tem uma série de dicas mais do que úteis, necessárias, para noivas e madrinhas que estão às voltas com o sonho do casamento ao ar livre, seja campo ou praia, mas estão com dúvidas sobre o que vestir.  As incertezas acabam agora com esse guia de estilo para noivas e madrinhas para casamentos ao ar livre, com os principais conselhos para as noivas e algumas dicas importantes para as madrinhas!
Noiva: Maria Beatriz / Fotografia: V Rebel

Noivas – Conselhos

1 – Tudo pode

O que mais ouço das noivas que vão se casar em cerimônias ao ar livre é que elas têm medo de parecerem exageradas demais. Medo de volume, medo de manga comprida, medo de renda… Enfim! Minha dica é: seja fiel ao seu estilo e ao estilo do seu casamento e tudo ficará harmônico no final! Se o casamento é “pé na areia” mas a sua decoração é clássica, por que não optar por um modelo com uma saia princesa? Ela não precisa ser super volumosa ou ter muito brilho!
Noiva: Maria Beatriz Freire /
Fotografia: V Rebel
Noiva: Anna Paula Kummel / Fotografia: Yellow Studio
Noiva: Bianca Nogueira / Fotografia: Giovani Garcia

2 – Exagere, mas com equilíbrio

Ainda sobre a história de se usar tudo o que tem vontade, outra dica importante é equilibrar os pontos! Se vai apostar na saia volumosa que citei, por exemplo, opte por um tecido mais leve, com movimento ou com uma leve transparência, como a organza de seda, a mousseline ou mesmo o tule francês! Um exemplo que gosto bastante para ilustrar esse ponto, é o vestido da Tata Estaniecki, que apesar de ser inteiramente bordado, foi feito em um tecido leve, uma modelagem bem sequinha e alças finas para não pesar no visual!
Noiva: Tata Estaniecki /
Fotografia: Raul
Noiva: Isabela Furtado / Fotografia: Fernanda Suhett

3 – Manga comprida e modelos mais fechados podem

É certo que o calor é um dos grandes protagonistas dos casamentos que acontecem na primavera ou no verão, mas isso não quer dizer que os vestidos precisam ser super decotados e abertos. Se for optar por mangas, nada como uma base de tule pele com aplicações mais espaçadas e delicadas de elementos da renda francesa do vestido, como flores e galhos, que não vão resultar em um visual tão pesado.
Outro recurso possível é apostar na versão removível para a festa, que vai deixar a noiva mais confortável para a pista de dança e ela pode tirá-las facilmente no momento em que quiser, depois de já ter feito todas as fotos!
Um truque de styling que também funciona super bem é substituir as mangas de tecido por fios de pérolas caídos nos braços!
Sobre o decote, os modelos mais fechados são sim bem vindos nessas ocasiões também! Nesse caso, podemos deixar o forro do vestido um pouco mais decotado e cobrir o quanto a noiva quiser com renda, com aplicações em 3D ou com tules de poá ou xadrez, que vai deixar uma transparência bem bonita sem revelar muita pele!
Noiva: Anna Carolina /
Fotografia: Gustavo Marialva
Noiva: Maria Beatriz Freire /
Fotografia: V Rebel
 

4 – E os acessórios?

Para os acessórios, as dicas seguem a mesma linha dos vestidos! A noiva não precisa abrir mão de usar uma grinalda mais coroa ou uma mantilha porque optou por casar na praia ou no campo! Ela pode apostar em peças mais delicadas para a cabeça, em tamanhos menores ou com pérolas em vez de pedras!
Se o vestido já está super trabalhado, eu sugiro equilibrar o visual com um véu mais liso de uma camada, que faz um efeito de entrada na cerimônia bem bonito, mas sem pesar! Outro modelo que tem feito bastante sucesso no Atelier são os com bordados de pérolas salpicados por todo o comprimento. Fica super delicado!
Importante: os cenários ao ar livre pedem saltos mais grossos ou sapatos mais baixos! Pense por onde você terá que caminhar e opte por um modelo que não causará desconforto!
Noiva: Patricia Porsche / Fotos: José Zignani
 

Madrinhas – Dicas

A roupa certa para a ocasião

A escolha do vestido, da beleza e dos acessórios devem fazer total sentido com o clima do local em que a festa vai acontecer e com o horário! Se a cerimônia está marcada para de manhã, aposte em peças com bastante movimento e sem pesar tanto no bordado e nos brilhos. Aqui, a textura das pérolas é preferível ao brilho de cristais! Se a cerimônia se inicia no fim da tarde e a festa continua à noite, vale somar um pouco mais aos bordados para dar uma iluminada ao vestido e aos acessórios!

Cuidado com excessos

Transparências, mega decotes ou tons super claros são mesmo a cara da primavera e do verão, mas sempre vale se perguntar se não está too much! Lembre que a noiva pode se incomodar com os exageros e que a protagonista é sempre ela!

O que está mais em alta

Nesse momento, o que vejo como mais “in” é usar um vestido liso, fluido e sem detalhes rendados. Ou um trabalho incrível de bordado feito à mão com flores 3D ou um bordado manual mesmo. Algo com textura como um xadrez ou um poá, mas evitando um pouco os trabalhos com renda!

E aí noivas e madrinhas? Acho que acabaram as dúvidas sobre o que vestir no casamento ao ar livre, não é? Amei as dicas da estilista Carol Hungria que sempre arrasa.
Inspirem-se

Deixe seu comentário