Decoração | Paredes com Boiseries

Hello Noivas e Brasil!!! Como está o planejamento da casa nova e decoração? Muitas inspirações e projetos para decorar o novo lar? Já ouviu falar em boiserie? Talvez você não esteja liganoo o  nome a pessoa, mas com certeza já viu muitas boiseries por aí e acha lindo, chique e sofisticado.

O nome francês tem muito charme e deixa tudo mais elegante e vem da França mesmo, pois foi um elemento decorativo foi criado por lá, mais ou menos no século 18, época em que a realeza adorava ostentar e exibir riqueza com um ornamento ou um exagero bem característico da época. Mas se alguns estilos arquitetônicos daquele período caíram em desuso, a boiserie foi reinventada se adequando a novos estilos e gostos, podendo ser usada um jeito bem atual.

Se você ainda não lembrou, as boiseries são aquelas molduras delicadas que enfeitam paredes, geralmente desenhando quadrados e retângulos e que têm uma estética mais clássica. Inicialmente eram de carpintaria, mas hoje em dia foram encontradas formas e materiais para baratear a técnica. É possível encontrar em gesso, cimento ou isopor (aqueles mais duros e firmes que lembram gesso).

A boiserie sempre passa uma mensagem de sofisticação e elegância, mas esse pensamento vem da origem francesa, do visual sofisticado, dos valores antigos de carpintaria, etc… Sempre achei o máximo paredes assim e uma cara de casa chique.

Como usar

  • Para deixar esse elemento  decorativo mais atual e para quebrar um pouco a formalidade do espaço, inclua peças coloridas e criativas na mesma parede: quadros bem-humorados, pôsteres e até luminárias modernas.
  • Se a sua proposta não é uma parede clássica e se uma casa que misture estilos e não fique tão caricata, misture outros detalhes decorativos no ambiente: móveis contemporâneos, tecidos com estampas, luminárias divertidas. A decoração de hoje permite essa brincadeira com peças distintas.

Em quais ambientes usar

Em qualquer ambiente que você desejar: sala de jantar ou tv; sala de visitas; escritório; quarto do casal ou do bebê.

Fiz uma seleção variada para inspirá-las, desde a forma mais clássica a forma mais moderna, arrojada e atual, com boiseries com mais de um tom ou com outros materiais e composições como papel de parede ou tecido.

Confira e veja se não é lindo e me conta qual o estilo de boiserie combina com o seu futuro lar doce dar. O resultado pode ficar bem mais leve e contemporâneo do que você imagina.

Vinícolas do Vale de Casablanca no Chile | Dicas de Viagem

Hello Noivas e Brasil! Hello Casais!!! Em maio de 2018 estive no Chile com meu marido, já mostrei inclusive um destination session que fizemos por lá (clica aqui). Nossa viagem começou pelo Deserto do Atacama (post com a primeira parte da viagem aqui) e na sequência seguimos para Santiago. Essa foi nossa segunda viagem ao Chile. Passamos nossa lua de mel em Santiago em 2012. Então todos os passeios básicos como Viña del Mar e Valparaíso, Concha y Toro; Mercado Central; Cerro San Cristóbal e Cerro Santa Lucía e alguns restaurantes, nós já havíamos conhecido. Inclusive você pode relembrar algumas dicas de passeios nesse post e dicas gastronômicas aqui.

Quando ir

Você pode ir em qualquer época do ano para o Chile e Santiago. Porém, se o seu objetivo de viagem for esqui, vá nos meses de inverno. A temporada de neve começa no final de maio até meados de setembro, mas depende muito da quantidade de neve de cada temporada. Em 2012 fomos no início da primavera, em setembro; e, às vezes, quando neva bastante, ainda há neve e vale a pena ir nas estações de esqui. Não foi o caso da nossa viagem, pois naquele ano houve pouca neve. Esse ano fomos em maio, no outono, e ainda não havia começado a nevar. Detalhe que poucos dias depois que voltamos, houve uma frente fria no Chile que fez nevar inclusive em Santiago, o que é raro. Então acredito que para 2018 a temporada de neve promete!!!

Mas você pode ir ao Chile e para Santiago em qualquer época do ano. Sobretudo se você deseja conhecer os valles e regiões dos vinhedos e vinícolas.

Como passamos mais dias no Deserto do Atacama e já conhecíamos Santiago, nossa intenção era conhecer melhor o Valle de Casablanca que fica próximo a Santiago.

Visitando as vinícolas de Casablanca

O Valle de Casablanca possui um terroir único (termo específico para explicar o conjunto formado pelo clima, solo e tipos de uvas cultivadas numa determinada região). A região é bem próxima ao mar do Pacífico e a baixa a temperatura na região, cobre os vinhedos de neblina logo cedo. Esse conjunto de fatores favoreceu a produção de vinhos brancos e das uvas Chardonnay, Sauvignon Blanc, Merlot e a Pinot Noir. São as uvas dos meus vinhos favoritos e que agradam bastante o paladar feminino.

Pretendemos no futuro voltar ao Chile para conhecer outros vales com as uvas favoritas do marido 😉

O caminho para o Valle de Casablanca é o caminho do mar. O mesmo trajeto que você faz para as cidades costeiras de Viña del Mar e Valparaíso pela Ruta 68.

As vinícolas de Casablanca são todas jovens, moderníssimas e muito bonitas, bem diferentes das vinícolas mais tradicionais e centenárias de outras regiões do Chile. E boa parte dessas vinícolas investiram muito no enoturismo e além do tour pelos vinhedos e degustações, muitas vinícolas possuem hotéis/pousadas e charmosíssimos restaurantes. Sem contar que muitas fazem casamentos, como falei nesse post.

Nós queríamos muito conhecer algumas vinícolas no Valle de Casablanca, pois tudo é preparado para encantar os turistas que amam vinho e experiências enogastronômicas.

Como Ir.

Mas tínhamos pouco tempo. Somente dois dias inteiros para conhecer uma infinidade de vinícolas. Precisamos escolher e começamos definindo como ir. Optamos por contratar uma agência local, pois não queríamos alugar carro, já que iríamos beber, e uma agência que passasse segurança e comprometimento no atendimento, pois a primeira vez que fomos para Santiago fizemos o passeio de Val Paraíso e Viña del Mar com uma agência que não foi tão legal.

Nas minhas pesquisas encontrei a Enotour Chile e era perfeita para a nossa proposta de viagem. Eles fazer todos os passeios clássicos nos arredores de Santiago, mas também são especializados nos vales e regiões dos vinhedos, então fechamos com a Enotour Chile e conhecermos com eles as Vinícolas Veramonte e Viña Indómita

Começamos o dia com a Enotour Chile nos levando para a Vinícola Veramonte. Tivemos uma aula sobre vinhos, sobre o cultivo das uvas, conhecemos as salas com os tanques de aço inoxidável, com os ovos de concreto (para os vinhos brancos e espumantes) e finalizamos com a degustação com 4 vinhos

Vinícola Veramonte
Tanques de aço inoxidável na Vinícola Veramonte
Vinícola Veramonte
Vinícola Veramonte
Degustação na Vinícola Veramonte
Uma parte do vinhedo da Vinícola Veramonte

Na sequência o Sérgio (nosso guia) da Enotour Chile nos levou para a Vinã Indómita, que tem um mirante com uma vista linda.

Antes do tour almoçamos no restaurante da Viña Indómita e depois tivemos mais uma aula e conhecemos a sala de tanques, a adega com os barris de carvalho e finalizamos com mais uma degustação.

Mirante na Viña Indómita
Almoço da Viña Indómita
Almoço com na Viña Indómita
Barris de Carvalho na Viña Indómita
Degustação na Viña Indómita

Para ter uma ideia de como esse dia pelo Vale de Casablanca com a Enotour Chile foi incrível, fiz uma tentativa de vlog para mostrar para vocês um pouco sobre a Vinícola Veramonte e Viña Indómita. Aperta o play.

Podem acreditar que queremos voltar ao Chile e a Santiago por inúmeras razões: patagônia chilena, valle de colchágua, valle del maipo, temporada de neve e mais vinho e mais enoturismo. O Chile e Santiago é um destino incrível e muito variado para todos os tipos de viajantes e também para destinos românticos para viagem a dois e lua de mel.

Inspirem-se.

 

Ensaio dos Noivos | Júlia e Eric

Hello Noivas e Brasil! O ensaio pré casamento é um momento muito lindo. De verdade: não deixem de fazer. É um instante de celebrar o que está por vir e também comemorar todo o caminho percorrido. É também uma forma de ensaiar para as fotos do grande dia.

Então não faltam motivos para o ensaio pré casamento dos noivos, sobretudo quando os noivos conseguem reunir elementos que se referem a história do casal.

A Júlia e o Eric tem uma história de amor que parecia já escrita ou no destino dos dois e vocês precisam ler para entender. A Júlia é  estudante de arquitetura e valoriza trabalhos artesanais. Sabendo disso, o Eric encomendou ladrilhos na Ladrilhar, que fica em São Paulo, para fazer o pedido de casamento. Esses mesmos ladrilhos fizeram parte do ensaio. E detalhe: o ladrilho entrou para a linha da Ladrilhar. Será que é inspirador?

Para conhecer toda a história de amor do casal e sobre o pedido, acompanhe o depoimento da noiva:

História de Amor

Nos conhecemos desde adolescentes e nossas famílias veraneavam na mesma lagoa, mas sempre fomos apenas amigos. Somos cristãos, e eu morava em outra cidade, mas vez ou outra estava à passeio por Natal.
Eric sempre foi um menino ao qual admirei e acredito que ele cultivava a mesma admiração por mim. Após alguns anos, eu vim morar em Natal para fazer faculdade de Arquitetura e ele viajou para Los Angeles, para passar um ano no intercâmbio. Ficamos longe novamente. Segundo ele, nessa época ele já me observava com a intenção de me conhecer melhor, mas eu ainda não havia despertado para isso.

Após esse um ano distante, apenas trocando algumas conversas por Whatsapp, ele voltou para o Brasil e finalmente chegamos a morar na mesma cidade! E com a possibilidade de nos conhecermos melhor, ele percebeu que eu correspondia ao sentimento dele e me pediu em namoro. Somos o primeiro amor um do outro. Nunca havíamos namorado ou sequer ficado com alguém. Após 2 anos de namoro, Eric foi estudar em São Paulo e lá conseguiu emprego, já estamos há 1 ano e 7 meses namorando a distância, e novamente, tem sido um tempo de muito aprendizado.

Pedido de Casamento

Em uma das vindas dele à Natal, estávamos com um dia cheio de compromissos. No fim do dia, no nosso último destino da noite, fomos visitar o local no qual –  agora – iremos casar: a Macamirim Eventos. E quando entro no salão principal me deparo com rosas no chão, velas, fotos e o meu namorado começa a cantar. Teve família, amigos, pastores e um príncipe ajoelhado me fazendo um dos pedidos mais esperados da minha vida!! E é claro que disse SIM! E é claro que chorei, e mais claro ainda, foi a presença de Deus abençoando isso tudo!    Ganhei um amigo, um companheiro fiel, que divide suas lutas e vitórias comigo, e mais que tudo, ganhei um amor que levarei para vida toda! Nos guardamos do mundo e Deus nos deu um ao outro. E agora, esperaremos ansiosos o dia em que seremos um só.

Nosso casamento está marcado para Dezembro, também lá na Macamirim Eventos. E para celebrar e registrar o pedido de casamento fizemos um ensaio no loft da Macamirim. Eu não preciso dizer o quanto amo esse espaço de eventos, não é?

Confere que lindo o ensaio dos noivos Júlia e Eric.

Muitíssimo obrigada a Júlia por compartilhar a história de amor dos noivos e o ensaio pré casamento. Que venha o grande dia que quero conferir no Noiva de Evasê.

Inspirem-se

Fotografia: Diego Marcel